O que devemos saber sobre o cimento

ARTIGOS - 08:36:42

Vamos falar um pouco dos materiais que utilizamos em nossa obra.

Hoje daremos algumas dicas sobre o cimento, afinal, é um dos itens que mais determinam a qualidade da nossa obra.

Mas é sempre bom lembrar, alguns pontos, a resistência do bom concreto e do bom reboco depende de um traço bem feito na hora da execução.

O TRAÇO são as quantidades corretas de cimento; areia; pedra (brita) e água para o CONCRETO e cimento; areia; água e aditivos para o REBOCO.

Se o profissional contratado não seguir corretamente as instruções haverá desperdício de material e mão de obra, afinal, o serviço deverá ser feito novamente em um futuro próximo.

Entre os cimentos que utilizamos nas obras do dia-a-dia o mais comum é o CIMENTO PORTLAND CPII (NBR 11.578) 32 seguidos das letras Z, E e F.

O QUE ISSO SIGNIFICA EM TERMOS PRÁTICOS

Para nós donos de obras os itens mais importantes são o número 32 que é a resistência a compressão do concreto após 28 dias da execução, ou seja, feito corretamente independente da marca, esse cimento faz um concreto que resiste a 320 kg/cm².

As letras significam os materiais que são produzidos os tipos de cimento;

Z (com adição de material pozolânico) - O concreto feito com este produto é mais impermeável e por isso mais durável.

E (com adição de escória granulada de alto-forno) - Recomendado para estruturas que exijam um desprendimento de calor moderadamente lento ou que possam ser atacadas por sulfatos.

F (com adição de material carbonático - fíler) - Para aplicações gerais.

Portanto, como vimos acima não é a cor do cimento quem determina sua qualidade, afinal, sem um bom profissional para executar sua obra, seguindo as indicações corretas dos produtos que serão usados não há garantias de qualidade.

Então ao consultar um profissional, peça indicações de outros clientes para saber se a obra foi executada corretamente, se está tudo em ordem com a construção e de preferencia clientes que tenham sua obra feita há mais de um ano, pois, os problemas começam a surgir de forma mais acentuada.

Relembrando, sem um TRAÇO correto, não existe marca de cimento bom.

Na próxima semana voltamos com mais dicas sobre como fazermos nossa obra bem planejada, com baixo custo e terminá-la com o coração inteiro.

Fonte: ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland).

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');