BASTIDORES

ARTIGOS - 15:29:30

NÃO...

realizar o carnaval de rua foi decisão correta do prefeito André Pessuto. Aos cuidados dele com as finanças, somaram-se vários prefeitos (região, estado, país), diante da falta de recursos em decorrência da queda da arrecadação.

A POPULAÇÃO...

de Fernandópolis entendeu o silêncio da cuíca nas ruas. Não é nem preciso fazer pesquisa para mostrar que o prefeito acertou em não gastar dinheiro com a folia popular. Discute-se, apenas, qual é o segredo do sucesso carnavalesco da vizinha Votuporanga.

DAS...

cidades da região, a situação mais confortável é Votuporanga, e por um motivo muito simples: tudo é bancado pela iniciativa privada, que ao longo dos anos foi ocupando espaço regional com profissionalismo na montagem de estrutura técnica e artística que nada deve aos grandes eventos nacionais.

O BLOCO...

“Oba”, sinônimo de coisa boa, ganhou fama, primando pela qualidade na contratação de grandes shows artísticos. Muitos cantores consagrados, de cachês caríssimos, nos últimos anos vêm trocando centros maiores, inclusive Salvador (BA) por Votuporanga. Resultado: 15 mil foliões foi a média de público por noite no carnaval 2017, consumindo e movimentando o comércio em vários setores.

PARA...

acomodar tanta gente –maioria jovens, a rede hoteleira tem procurado ampliar acomodações, mas é insuficiente para atender aos pedidos de reserva. Muitas famílias votuporanguenses improvisam acomodação em quartos e quitinetes de parentes e alugam suas próprias casas para os foliões visitantes.

MESMO...

assim, Votuporanga ficou pequena para abrigar a população flutuante. A região abriu as portas para acolher a demanda. Basta dizer que todos os hotéis de Fernandópolis atingiram 100% de ocupação nos dias de carnaval, com vans e ônibus descarregando foliões nas madrugadas.

AINDA...

bem que no terreno dos grandes eventos regionais, Fernandópolis luta bravamente para manter sua posição através da Expo, a imbatível feira de maio em todos os anos. Coincidência ou não, o fato é que tanto o carnaval de Votuporanga como a Exposição, estão nas mãos da iniciativa privada. Um sinal de que o poder público reconheceu que suas prioridades são outras.

RESTA...

saber se os desportistas de Fernandópolis terão a mesma compreensão dos foliões que ficaram sem o carnaval de rua. É que Votuporanga está de Estádio novo, e com o CAV disputando a série A-2 do Campeonato Paulista, enquanto o FEFECE, que não atendeu normas da FPF, depende agora da desistência de algum outro clube para disputar a 4ª Divisão. Algum empresário estaria disposto a assumir o futebol?

 

 

 

 

 

 

 

Alencar Cesar scandiuzi

Alencar Cesar scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');