Transporte coletivo na pauta

ARTIGOS - 08:41:45

Na semana que a imprensa de Votuporanga anuncia que a prefeitura abriu licitação para o transporte coletivo, em Fernandópolis, onde o serviço anda de mal a pior e gerando muitas reclamações dos usuários, dois vereadores apresentaram, na última sessão, requerimentos questionando o Executivo sobre o Transporte Coletivo. São questões diferentes, porém com o mesmo objetivo. O vereador João Pedro Siqueira, por exemplo, elencou uma série de questões: informações sobre contratos aditados pela Prefeitura em favor da empresa; se existe algum tipo de repasse financeiro que é realizado pela Prefeitura para a empresa a título de subsídio; quando vence o contrato e quanto a prefeitura repassou a empresa. Já o vereador Murilo Jacob quer saber sobre linhas e horários da circular e se tem estudo sobre a demanda de estudantes transportados. Consta que o contrato está para vencer e a prefeitura tem que de fato repensar essa questão do transporte coletivo. A população sofre com ônibus em péssimo estado de conservação e um serviço que não prima pela regularidade do horário. É bom os vereadores ficarem de olho na abertura da licitação.

 

Bate pronto

O deputado Itamar Borges é novo líder da bancada do PMDB na Assembleia Legislativa de São Paulo. Esta é a segunda vez que o parlamentar lidera o partido no parlamento estadual. Itamar Borges representará os deputados do PMDB no Colégio de Líderes do legislativo paulista. A propósito: Cauê Macris (PSDB), 33 anos, é o novo presidente da Alesp.

 

O prefeito André Pessuto (DEM) assinou esta semana duas portarias para abertura de sindicâncias visando apurar eventuais denuncias de irregularidades cometidas por servidores. Uma das sindicâncias refere-se a denúncia recebida na Secretaria da Saúde e outra que chegou até o prefeito. O prazo para apuração dos fatos, que são mantidos em sigilo, é de 30 dias nos dois casos.

 

Que situação! A Câmara de Ilha Solteira marcou para a próxima segunda-feira a posse do prefeito eleito  Edson Gomes (PP) que conseguiu reverter no TSE a decisão que havia barrado sua candidatura no TRE. O problema é que o prefeito é considerado fugitivo  pela Justiça que decretou sua prisão preventiva por conta de outro processo. Gomes tenta uma habeas corpus para assumir o cargo, sem risco de ser preso.

 

A Câmara de Fernandópolis fecha na terça-feira, 21, o calendário de sessões ordinária do mês de março. A lista de projetos polêmicos que tramitam no Legislativo vão formando fila. A lista inclui: aumento da taxa de iluminação pública, criação do feriado municipal no Dia Internacional da Mulher, proibição de festas open bar na cidade. Se não aparecerem na pauta da terça, ficam para abril.

 

Sob a justificativa de melhoria no atendimento à população, a Secretaria Municipal da Saúde comunicou que a Farmácia e o Laboratório Municipal estão mudando de endereço. A mesma justificativa foi utilizada sete meses atrás pela administração  anterior.  Agora a Farmácia Municipal está na Rua Rio de Janeiro, enfrente o Distrito Policial e o Laboratório, a partir de 4ª, volta para a Avenida dos Arnaldos onde funcionava até agosto do ano passado.

 

O NOVO OUVIDOR

Com 13 dos 16 votos válidos, o jornalista Edmar de Oliveira, dono de uma rádio de Fernandópolis e de um canal de TV fechado, venceu a eleição na quinta-feira, 16,  para o cargo de ouvidor público municipal. Ele disputava com o atual ouvidor, Flávio Coppi, que buscava a reeleição. Os dois colocaram o nome à disposição para a apreciação das 21 entidades e clubes de serviço que compõem a comissão de eleição e Edmar, que era a indicação do Executivo, levou a melhor. “É papel da Ouvidoria acompanhar e cobrar soluções rápidas e efetivas às instâncias municipais, e garantir informações e respostas ágeis. O contato deve ser personalizado, desburocratizado, colaborando para a melhoria do atendimento e prestação do serviço”, disse Edmar, após anúncio de sua nomeação.

A Ouvidoria Pública Municipal de Fernandópolis foi criada em 2007 com o objetivo de zelar pela legalidade, eficiência e moralidade dos atos da Administração direta e indireta. Seu principal canal com a população é por do 0800 729 4550, porém, durante o mandato de Coppi também foi implantado o sistema digital, onde é possível realizar os registros por meio do site da Prefeitura.

Edmar de Oliveira é jornalista, repórter, locutor e apresentador de rádio e TV. Em 2010 fundou a rádio Arena FM, onde hoje é presidente licenciado da emissora. É diretor de Marketing da ACESP - Associação dos Canais Comunitários do Estado de São Paulo. O cargo de ouvidor é remunerado e equivalente ao de Secretário Municipal.

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM


Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');