“Mostra Estudantil de Teatro é o maior evento do gênero no País”, diz secretária

CADERNO VIVA - 17:47:23
“Mostra Estudantil de Teatro é o maior evento do gênero no País”, diz secretária

Foi dado o start para o maior evento cultural de Fernandópolis. A 23ª edição da Mostra Estudantil de Teatro vai acontecer em outubro e os preparativos já começaram. A primeira reunião com organizadores e professores já aconteceu e o trabalho nas escolas começa a mobilizar a turma envolvida com teatro. Os grupos têm prazo até 4 de agosto  para inscrição. 
Os grupos formados para a Mostra Estudantil devem ter 80% dos atores matriculados em escolas da rede municipal, pública ou particular. O regulamento abre possibilidade dos grupos receberem ajuda externa nas áreas de direção, iluminação, sonoplastia, figurino e maquiagem. Ficou acertado que, a exemplo dos anos anteriores, os espetáculos serão apresentados as 15 e 20 horas no Teatro Municipal, nas categorias infantil e adulto. 
A secretária Municipal de Cultura, Iraci Pinotti, que lançou a proposta da Mostra há 23 anos considera o projeto consolidado e que deu “muitíssimo certo”. 
“Há 23 anos tivemos a coragem de acreditar que um projeto teatral pudesse dar certo. Naquela época, o sonho de ter um Teatro tinha se tornado realidade e era necessário ter na cidade um movimento artístico que justificasse a sua construção. Foi então que surgiu a ideia de trabalhar o Teatro dentro das escolas como ferramenta de desenvolvimento humano e artístico. O projeto/regulamento sofre leves alterações a cada ano, pois há muita renovação das pessoas envolvidas nas escolas e na própria secretaria. O formato, vitorioso, permanece o mesmo”, diz Iraci. 
Ao retornar ao comando da Cultura, a secretária anuncia que a sua pasta já disponibiliza um profissional para  auxiliar todas as escolas envolvidas na Mostra Estudantil. “Esse profissional acompanha os grupos, auxilia em todas as etapas do processo de montagem dos espetáculos e, próximo a realização das apresentações, promove oficinas de ordem técnica nas áreas de iluminação e sonoplastia”, informou.
Para a secretária, o primeiro encontro com as escolas foi uma oportunidade de definir os caminhos, avaliar o evento do ano passado e preparar o projeto deste ano, fazendo os ajustes necessários para o desenvolvimento do plano de trabalho. 
“Os professores que participaram da reunião mostraram-se bastante animados com o início dos trabalhos. Não houve nenhum pedido especial dos grupos, mas é provável que, no decorrer do ano, surjam novas demandas. Isso é natural”, acrescentou. 
TRADIÇÃO
As primeiras edições da Mostra havia disputa, com escolha dos melhores e entrega de troféus. “Com a premiação, tínhamos a intenção de criar um estímulo para os participantes. Até funcionou nos primeiros anos. Com o passar dos anos, a Mostra foi ganhando muito em qualidade dos trabalhos, os envolvidos foram aperfeiçoando técnicas e chegamos a um ponto em que a competição estava sendo nociva ao evento e aos alunos. Após o término da mostra (depois da premiação), os grupos iam para as redes sociais e se digladiavam. Estava se tornando algo fora do controle. Em comum acordo com os grupos mudamos essa regra. Foi então que, seguindo a tendência dos maiores festivais do país, decidimos acabar com a competição. Entendemos que o simples fato de uma criança vivenciar a experiência teatral, por si só, já é o grande prêmio”, explicou. 
De acordo com Iraci, “a qualidade do trabalho dessa criança (que está se desenvolvendo) não pode ser mensurada por meio de uma premiação baseada na subjetividade inerente à arte. O Teatro, na escola, é uma ferramenta de transformação e união entre as pessoas. A Mostra Estudantil é um projeto que tem o objetivo de celebrar esse momento mágico de transformação e união entre os grupos com as apresentações no Teatro”. 
Iraci Pinotti não tem dúvida em apontar que a Mostra Estudantil de Teatro é o maior evento do gênero no País. “Dos palcos da Mostra Estudantil de Fernandópolis saíram atores, atrizes e diretores que desenvolvem, profissionalmente, os ensinamentos que tiveram início nesse maravilhoso projeto. A Mostra movimenta toda a comunidade, o aluno, a escola, as famílias, enfim, é um projeto mais que tradicional e que mostra vitalidade aos 23 anos”, completou. 
O evento é realizado pela Prefeitura de Fernandópolis, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Educação e Diretoria de Ensino de Fernandópolis. A previsão é de abertura da Mostra logo após o feriado de 12 de outubro. 

 

VEJA TAMBÉM


Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');