"O povo não é cachorro para ser transportado naqueles ônibus", dispara Finoto

POLÍTICA - 23:17:27

As condições precárias do transporte público de Fernandópolis voltaram a ser tema de discussão na Câmara Municipal. Por meio de um requerimento da vereadora Maisa Rio(PSDB), críticas não faltaram ao serviço.

Atrasos constantes, inconstância nas rotas, ônibus velhos e quebrados, além do custo ao município foram discutidos. Porém, a crítica mais pesada partiu do vice-presidente da Câmara, Antônio Finoto, Tonho Pintor (PSC).

"O povo não é cachorro e nem porco para ser transportado desse jeito, aliás, nem os animais merecem esse descaso. Ou melhoram isso, ou acaba logo de uma vez", disse.

O requerimento que deu origem a discussão, assinado por Maisa, cobrava mais pontualidade no serviço, bem como sua manutenção em finais de semana e feriados.

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');