Cadela adota gatinho abandonado em Fernandópolis

CADERNO VIVA - 17:37:51
Cadela adota gatinho abandonado em Fernandópolis

Quem disse que cão e gato são inimigos não conhece a história da Jhuly e do Mico. Os dois, além de serem melhores amigos, são mãe e filho adotivos. A cadela, que nunca deu cria e não podia engravidar, adotou o bichano. A família, apesar de diferente encanta a todos que a conhecem. 
O gatinho Mico foi mais uma das centenas de vítimas de abandono na cidade. Logo em seus primeiros dias de vida, o colocaram em uma caixa, ao lado de seus quatro irmãos, e o deixaram no Parque Industrial nas proximidades de onde trabalha Vandir Rocha Mancini. 
Isso ocorreu no último dia 28, quando as chuvas eram constantes e a temperatura baixa. Com dó dos gatinhos, Vandir e alguns amigos decidiram que cada um deles adotaria um dos gatinhos. “Seria uma judiação deixar eles ali morrendo de fome e frio, então meu marido decidiu trazer ele para casa”, contou a dona de casa Raimunda Luiza da Rocha Mancini 
Quando Mico chegou ao seu novo lar, se encontrou com uma antiga moradora, a Jhuly, que já tem 11 anos de idade. A cachorrinha, que nunca pôde engravidar e teve que passar por um processo cirúrgico para a retirada do útero, logo se encantou pelo bichinho e o adotou como se fosse seu filho. 
“No começo a gente ficou com medo de que ela estranhasse, mas depois ela começou a estranhar é a gente quando chegava perto deles”, contou Raimunda. 
Mico agora dorme na cama de Jhuly e até mama nela. “Mas acho que nem sai mais leite, por conta da operação, por isso damos leite para ele na colher”, completou a tutora. 
Para onde vai, Jhuly leva Mico na boca, com todo cuidado é claro, para não machucar o novo ‘filho’.     

 

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');