BASTIDORES

ARTIGOS - 17:59:15

A REALIDADE...

invejável do potencial turístico de Fernandópolis, representado pelas dadivosas águas quentes do poção,sempre contrastaram com a falta de interesse desenvolvimentista de autoridades e empreendedores da cidade.

SEMPRE...

devemos nos lembrar de que a mesma matéria prima que alavancou a economia do município de Olímpia, graças ao sucesso do “Termas dos Laranjais”, jorrou abundantemente em Fernandópolis depois da insistente perfuração do “Poção Natalino”, em –anotem – julho de 1976.

                  

LÁ...

se vão praticamente 41 anos do inesquecível dia em que o prefeito Antenor Ferrari foi surpreendido com a notícia, durante missa que assistia na Igreja Matriz. Atribuíram milagre ao impactante fato, apontado como solução ao grave problema de abastecimento de água na cidade.

NUNCA...

mais Fernandópolis ficou de torneiras secas, mas a exploração das águas quentes para o turismo não vingou. Agora o assunto “turismo” está de volta, com incentivo  do Governo Estadual.

O GOVERNADOR...

Geraldo Alckmin sancionou leis que oficializam as primeiras 20 cidades paulistas como Municípios de Interesse Turístico (MIT). Com isso, cada uma dessas cidades pode receber anualmente cerca de R$ 650 mil, valor que deverá ser investido em obras e ações destinadas exclusivamente ao setor de turismo.

LIGADO...

no assunto, o prefeito André Pessuto enviou projeto à Câmara, criando o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), aprovado em sessão extraordinária do dia 31, coincidindo com a data da sanção estadual, para, em seguida, entregar toda documentação ao deputado Gilmar Gimenes.

VAMOS...

entrar na fila. Segundo Alckmin, 120 cidades devem receber o título de MIT até o final do ano. Em nossa região, entre as 20 cidades contempladas na primeira leva, só Rubinéia entrou. Trata-se do primeiro passo em direção ao sonho maior: Estância Turística. Atualmente, 70 cidades ostentam o disputado título no Estado de São Paulo, distribuídas em várias regiões. Santa Fé do Sul saiu na frente graças ao trabalho do deputado Itamar Borges, e recebe hoje a gorda verba de R$ 2,3 milhões por ano.

 

Alencar Cesar Scandiuzi

Alencar Cesar Scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM


Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');