O namoro sério que virou noivado em meio a palhaçadas

CADERNO VIVA - 20:46:15
O namoro sério que virou noivado em meio a palhaçadas

Julio Pontes e Amanda Magolo se conhecem desde 2007. Mas a coisa só foi ficar séria em 2011, quando os dois começaram a namorar. Seis anos se passaram até que numa quinta-feira, dia 20 de abril, Julio se encheu de coragem e fez a grande pergunta: “Amor, vamos ao circo?”. 
Perplexa, Amanda titubeou, afinal, chovia muito no dia e o programa já não parecia muito agradável diante dessa situação. Mal sabia ela que aquele convite para assistir a um espetáculo circense estava cheio de segundas intenções. 
“Fiquei meio apreensivo, pois já estava tudo armado e ela não queria mais ir”, contou o namorado. 
A armação a qual Julio se referiu era por uma boa causa. Finalmente ele iria deixar de enrolar a moça e para isso montou um esquema especial com a ajuda de familiares e amigos. 
“A ideia inicial era entregar (a aliança de noivado) na Páscoa, dentro de um ovo, mas ouvi o avião passando fazendo a propaganda do circo e tive a ideia. Ela adora circo, e era uma oportunidade de reunir todos os amigos sem causar desconfiança, e fazer algo diferente, que ela não esperasse”, completou.                         
Ele então foi até a administração do circo e preparou tudo. Comprou um belo buquê de rosas, a aliança e pediu para que o palhaço lhe convidasse para participar da apresentação. 
Tudo parecia normal, o público dava risada, inclusive Amanda, até que Julio pegou o microfone e disse: “amor, tenho uma coisa para falar para você: faz seis anos que estamos juntos, passamos muita coisa juntos, boas e ruins, mas pode ter certeza que os melhores momentos da minha vida eu passei ao seu lado. É por isso que eu quero que fique comigo para sempre”, disse ele.
Então ele foi para o centro do picadeiro, tirou a aliança do bolso e fez o grande pedido: “aceita casar comigo?”, perguntou acompanhado de uma forte salva de palmas e gritos do público presente. 
Amanda, como era de se imaginar, ficou surpresa, emocionada e sem palavras. Ela então caminhou até ele, o abraçou e disse sim. “Amor não acredito, não acredito”, disse ela já com a aliança no dedo.
Quatro meses depois, o relacionamento que os dois já diziam ser perfeito, se fortaleceu ainda mais. A data do casamento ainda não foi marcada, mas os planos já estão traçados.                         
“Vamos construir nossa casa primeiro, depois casar e ter filhos. Acho que dois tá ótimo”, concluiu Julio. 

 

VEJA TAMBÉM


Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');