Está com frio? Seu pet também

CADERNO VIVA - 19:59:30
Está com frio? Seu pet também

Eles são peludos, mas sentem frio. Assim como nós, cães e gatos também sofrem com o frio e alguns cuidados especiais para essa época são necessários já que queremos nossos animais esbanjando saúde.
Para os especialistas, é preciso ficar atento aos sinais que eles nos dão como tosse, espirros, dores articulares, problemas de pele. Já os animais com doenças pré-existentes, idosos e filhotes os cuidados são dobrados, pois são mais susceptíveis a ficarem doentes e a mudança na temperatura necessita de cuidados diferenciados dos tutores.
“O que sempre oriento é que a qualquer mudança no pet consulte o médico veterinário de sua confiança, já que ao primeiro sintoma torna mais fácil o tratamento. E a prevenção e o diagnóstico precoce aumentam as chances de sucesso no tratamento”, diz a médica veterinária Maísa Bego. 
Ainda de acordo com a médica veterinária, carteirinha de vacinação em dia é sinal de saúde para seu animal.  “Cuidar das vacinas, vermífugo é coisa séria”, completou.
Maísa afirma ainda que não é necessário mudar o hábito de seu pet no frio, mas cautela sempre é bem-vindo. 
“Um ambiente mais quentinho, cobertas, caminha e roupas torna a noite fria mais agradável, mas sempre observe o tecido, composição e o tamanho para evitar reações alérgicas e machucar o seu pet. Banho sempre em temperatura ideal da água, secar bem e cuidados para não lesionar a pele, por isso um profissional da área é o mais indicado, principalmente para animais com muito pelo”, concluiu. 

 

VEJA TAMBÉM


Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');