Prefeito e vice cassados

ARTIGOS - 19:02:54

Parecia tudo tranquilo em relação ao resultado das eleições 2016 na comarca de Fernandópolis. Essa tranquilidade foi quebrada na terça-feira, 8, durante sessão do TRE - Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Por votação unânime, a corte reformou sentença de primeiro grau e cassou os mandatos do prefeito e da vice-prefeita de Meridiano, Orivaldo Rizzato (PSDB) e Marcia Adriano (PTN), candidatos eleitos em 2016. Foi também cassado o diploma de suplente de Paulo Cesar Rizzato. 

No entendimento da Corte, ficaram provadas a promessa e a entrega de vantagens econômicas em troca de votos, atraindo ao caso a incidência do artigo 41- A da Lei nº 9.504/97 – captação ilícita de sufrágio.
Segundo a relatora do recurso eleitoral, juíza Claudia Fanucchi, “as testemunhas ouvidas em juízo, por meio de depoimentos consistentes, unânimes e lineares, confirmaram o oferecimento de benesses em troca de votos nos candidatos ora representados, consistentes em pagamento em dinheiro prometido e pago e perdão de dívida em mercado”.
O município de Meridiano, que tem 3.927 eleitores, pertence à 302ª zona eleitoral- Fernandópolis. Cabe recurso ao TSE. Rizzato continua no cargo. Haverá nova eleição em Meridiano, caso o TSE confirme a decisão do TRE.

 


Bate pronto

  60 dias após audiência em São Paulo entre o prefeito André Pessuto e o superintendente Latif Abrão Junior, os usuários do Iamspe em Fernandópolis continuam sem atendimento. Cerca de 4 mil servidores públicos estaduais são descontados no holerite e não contam com a devida assistência. A situação chegou a tal ponto que a vereadora Maiza Rio, que também é servidora pública estadual, apresentou requerimento na Câmara para ver se descobre a real razão da suspensão do convênio entre Iamspe, Santa Casa, laboratórios e médicos. As informações são desencontradas e os servidores quando precisam de atendimento precisam buscar assistência em Jales, Votuporanga ou Rio Preto.

  André Pessuto agora é o prefeito de Fernandópolis, mas terá que dar explicações ao Tribunal de Contas como ex-presidente da Câmara. Assinado pelo conselheiro Dimas Ramalho, foi publicado esta semana no Diário Oficial, despacho referente às contas da Câmara de 2016. No despacho, o conselheiro diz que “à vista das falhas e/ou impropriedades apontadas no relatório de fiscalização”, Pessuto tem o prazo de 15 dias, para apresentar as alegações e justificativas de seu interesse. 

  Deu no jornal de Jales: Ao discursar durante o lançamento de livro sobre sua administração como prefeito de Santa Fé do Sul nos anos 70  Edinho Araújo, atual prefeito de Rio Preto, acabou tocando em um assunto que é objeto de especulações em toda a região — a candidatura a deputado do seu filho Edson. O prefeito disse que não fará nada para forçar o filho a entrar na política, mas se ele decidir disputar terá todo seu apoio.

  O Tribunal de Justiça de São Paulo arquivou representação contra o deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) por suposto crime de formação de quadrilha e fraude em licitações para obras de recapeamento asfáltico, de pavimentação de galerias pluviais para beneficiar a chamada “Máfia do Asfalto” em Votuporanga. O tucano era suspeito de possível ato de corrupção envolvendo benefícios ao Grupo Scamatti, no período em que ele atuou como prefeito de Votuporanga. A Procuradoria Geral de Justiça deu aval ao arquivamento do caso. 

 

HOMENAGEM

Morreu no início da noite de terça-feira, dia 8, o jornalista José de Freitas(foto) fundador e diretor do extinto jornal Gazeta da Região de Fernandópolis. Freitas estava internado na Santa Casa de Votuporanga com problemas de saúde. O seu corpo foi velado no Velório Municipal e sepultado às 13 horas na quarta-feira, 9. 
José de Freitas fundou em Fernandópolis o jornal diário Gazeta da Região em 1969 e manteve a publicação até meados dos anos 2000. Era o jornal responsável pela publicação dos atos oficiais do município. Foi presidente do Rotary Club de Fernandópolis e da antiga Guarda Mirim Masculina, com mandato entre 1981 e 1983. Foi casado com a professora Neusa Garcia Ferreira de Freitas (já falecida) com quem teve quatro filhos Poliana (já falecida), Josneimar, Jossandro e Christiano. A prefeitura, através da secretaria de Comunicação, emitiu nota de pesar pelo falecimento de José de Freitas.

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');