Fernandopolenses aderem a programa para abandonar o vício de fumar

CADERNO VIVA - 19:00:13
Fernandopolenses aderem a programa para abandonar o vício de fumar

Na semana em que se comemorou o Dia Nacional de Combate ao Fumo – 29 de agosto – duas iniciativas na cidade ganharam destaque. Melhor, é cada vez maior o número de fernandopolenses, homens e mulheres, que estão aderindo a programas na esperança de abandonar o vício do cigarro.

De acordo com a OMS - Organização Mundial de Saúde -, o tabagismo é a principal causa de morte evitável no planeta, sendo considerado, portanto, um problema de saúde pública.  Para conter esse alto índice, a Prefeitura de Fernandópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o INCA  - Instituto Nacional do Câncer -  e Cratod - Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas – disponibiliza gratuitamente o projeto que  já atendeu mais de 200 pacientes desde a sua implantação no município.
O “Programa Nacional Contra o Tabagismo” que funciona na Unidade Básica de Saúde “Gersino Mazzi” no Jardim Por do Sol, oferece tratamento gratuito para os fumantes. Os  encontros acontecem todas as quintas-feiras às 19 horas, coordenados pelo médico Alfonso Charris Saade e pela enfermeira Natália Bortoletto Gonçalves.
O projeto fundamenta-se em um grupo terapêutico medicamentoso, cujo principal objetivo é reduzir a prevalência de fumantes e, consequentemente, morbimortalidade relacionada ao consumo de derivados do tabaco.                  
O tratamento completo dura cerca de um ano e consiste em consultas periódicas e reuniões em grupos de apoio, para que os dependentes possam discutir o problema do tabagismo.
Durante o atendimento dos pacientes, se a dependência for classificada como grave, os profissionais indicam o uso do adesivo de nicotina para evitar que o dependente recorra novamente ao cigarro. Todos os medicamentos usados no tratamento são distribuídos gratuitamente para os pacientes.
“Aquele que expressar o desejo em parar de fumar pode procurar o postinho mais próximo de sua residência que, posteriormente, será encaminhado pelos profissionais ao nosso grupo contra o tabagismo”, explicou o médico. 
CURSO
Outra iniciativa foi a realização do curso “Como parar de fumar em cinco dias”. O curso ocorre anualmente em Fernandópolis organizado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. Este ano, ocorreu de segunda-feira, 29, e foi concluído na noite desta sexta-feira, 01 de setembro. “É uma ação social da Igreja Adventista e que está aberta a participação de todos independente de religião”, disse o pastor Alexandre. 
A costureira Nilva Lourenço França, pelo WattsApp, revelou que foi aluna do curso em 2004 e que fumava dois maços de cigarros por dia. Abandonou o vício e com o dinheiro que economizou na época, conta, comprou uma televisão de 29 polegadas. O certificado do curso ela guarda até hoje como símbolo da sua vitória sobre o vício. 

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');