Parceria dá origem a Feira do Produtor

ARTIGOS - 17:07:15

Um dos enfoques dados pelo prefeito André Pessuto desde que tomou posse é fomentar parcerias. Até porque em fase de dificuldades financeiras é cada vez menor a capacidade do município para investimentos.  

Uma dessas parcerias que está saindo do papel envolve a participação de pequenos produtores, Secretaria Municipal de Agricultura, Sindicato Rural e Senar e vai resultar na implantação da Feira do Produtor Rural que será inaugurada na quinta-feira, 19, na Praça Joaquim Antônio Pereira a partir das 17 horas, área central da cidade.
A proposta, inovadora, reúne duas peculiaridades importantes: mostrar o que está se produzindo na cidade e, melhor, permitir que essa produção possa ser absorvida pela população a um custo menor. 
A prefeitura está prometendo um ambiente agradável e organizado, com identidade visual e padronização dos estandes sustentáveis feitos com bambu. 
O projeto que cria a Feira do Produtor foi aprovado pela Câmara na terça-feira e estabelece um regulamento próprio, elaborado com normas e procedimentos de funcionamento, que considera a necessidade do capricho na preparação e apresentação dos produtos fresquinhos e preços competitivos. Durante os dias de feira, os consumidores poderão interagir com os agricultores, conhecendo mais informações e detalhes dos produtos adquiridos, junto aos produtores rurais, que estarão devidamente identificados e uniformizados. Todos os produtores foram capacitados a lidar com a nova experiência. Agora, além de produzir, vão lidar com o consumidor. A feira acontecerá todas as quintas-feiras por tempo indeterminado.

Bate pronto

  O general comandante Militar do Sudeste João Camilo Pires de Campos fará visita na próxima semana em Fernandópolis. É a primeira vez que um general comandante do Exército, vem a cidade para uma visita ao Tiro de Guerra. Na oportunidade ele vai participar da formatura dos atiradores. A visita está agendada para sexta-feira, dia 20. 

  O TRE-SP - Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo acaba de marcar data para a realização de eleições suplementares em duas cidades paulistas:  Sandovalina e Sebastianópolis do Sul, aqui na região.  Os eleitores das duas cidades voltarão às urnas no dia 19 de novembro.

  Em Sebastianópolis do Sul, a chapa encabeçada pelo candidato Tonho Abreu (DEM) concorreu amparada em recurso dotado de efeito suspensivo e, com a decisão final que o impediu de concorrer, todos os 1.536 votos atribuídos a ele foram anulados, ensejando a realização de nova eleição. A candidatura foi barrada com base na Lei da Ficha Limpa.

  Duas outras cidades da região também estão com seus prefeitos afastados e com risco iminente de novas eleições: Turmalina e Meridiano. Em Meridiano, o prefeito eleito Orivaldo Rizzato  (PSDB) e a vice Marcia Adriano (PTN) foram cassados por prometerem e entregarem vantagens econômicas em troca de votos nas últimas eleições, em 2016, segundo o TRE. Eles ingressaram com recurso e, enquanto isso a prefeitura está sendo tocada pelo presidente da Câmara João Binhardi.   Em Turmalina, a prefeita eleita Fernanda Massoni também segue afastada do cargo.

  A Prefeitura informou por nota nesta semana que a licitação para nova concessão do serviço de Transporte Coletivo em Fernandópolis ainda está aguardando o julgamento do TCE – Tribunal de Contas do Estado. Só após esse julgamento é que a prefeitura vai elaborar o novo edital. Os estudos solicitados pelo TCE já foram feitos. A empresa Jauense está operando o serviço precariamente, já que por conta da suspensão da licitação, a prefeitura se viu obrigada a prorrogar o contrato até o final do ano. Pode ser que haja nova prorrogação. 

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');