“Ajudar o Hospital de Câncer me faz muito bem”

OBSERVATÓRIO - 17:13:51
“Ajudar o Hospital de Câncer me faz muito bem”

A frase é do empresário Marcelo Facchini que está organizando para o dia 9 de novembro show com o cantor Wesley Safadão em São José do Rio Preto, no Centro Regional de Eventos com renda para o Hospital de Câncer de Barretos. Marcelo Facchini está à frente na organização do evento e diz que estabeleceu como meta atingir R$ 800 mil em arrecadação. “Mas, para atingir essa meta precisamos de todos da região”, diz o empresário nesta entrevista ao CIDADÃO. Marcelo é um dos diretores da Facchini e membro do LIDE Rio Preto.

Marcelo Facchini ficou entre a vida e a morte após um acidente na Rodovia Euclides da Cunha em 2009. Sobreviveu e após 60 dias em coma diz que passou a viver sob nova perspectiva. Ainda tem sequelas do acidente. Essa experiência fez o lado solidário ficar ainda mais forte. A empresa Facchini já tinha vários trabalhos de apoio ao Hospital de Câncer de Barretos, mas depois que ele visitou o hospital, conheceu as instalações e a atuação da equipe, passou a se envolver com mais afinco. “O hospital é uma referência, 100% gratuito e no mesmo nível de qualidade de um Einstein, de um Sírio Libanês. Já somos colaboradores há mais de 15 anos. 
Ajudar os outros, vendo o resultado disso, me faz muito bem”.A Facchini, fundada pelo avô de Marcelo, tem mais de 60 anos e é líder na área de implementos rodoviários como semi-reboque baú, semi-reboque lonado, graneleiro, carga seca. A empresa tem seu nome espalhado por todo o Brasil com 10 fábricas e dezenas de filiais. A Facchini já teve uma unidade em Fernandópolis. Perguntado se já foi cortejado pelo atual prefeito para algum empreendimento no novo Distrito Industrial, foi curto: “Não fomos procurados”. Veja a entrevista:

Você organiza o show com o cantor Wesley Safadão com renda para o Hospital de Câncer de Barretos. Em que momento surgiu a oportunidade desse evento na região com essa finalidade filantrópica?
Há muitos anos, nós da Facchini somos parceiros do hospital e, em uma das minhas visitas a Barretos, o Henrique Prata, presidente da Fundação Pio XII, fez esta proposta de fazer o show com toda renda revertida ao hospital. Nós topamos este desafio.
 Qual a meta de arrecadação para esse show?
Temos um sonho de ajudar cada vez mais o Hospital de Câncer de Barretos.Nesse show temos uma meta de atingir R$ 800 mil. Só que para alcançar o objetivo contamos com todos vocês com a compra de patrocínios e mesas.
 O show será em Rio Preto, mas é um evento de amplitude regional?
O Hospital de Câncer atende muitas pessoas de nossa região de maneira gratuita e temos que fazer nossa parte para que continue realizando estes atendimentos com alto grau de qualidade.
 Como as pessoas podem participar do show?
A apresentação será no Centro Regional de Eventos em São José do Rio Preto, dividido em dois setores, as cadeiras, no valor promocional de R$ 150 e que oferecerá serviço open bar de cerveja, água e refrigerante. A outra parte será composta por cinco setores de mesas. O Setor A será destinado aos patrocinadores do evento. No setor B, a mesa custará R$3.500; no Setor C o custo da mesa será de R$ 3.000; Setor D ao custo R$ 2.700 e no Setor E a mesa custará R$ 2.000. As mesas dos setores A, B, C e D são compostas por seis lugares. As mesas localizadas nos setores E e F são de quatro lugares. Todas as mesas incluem serviço de buffet e open bar de cerveja, água, refrigerante, energético, uísque e vodca. Os ingressos podem ser comprados na Play Ingressos, tanto na loja física como por meio do site www.playingressos.com.br.
 Como empresário e cidadão, como se sente realizar esse evento de caráter filantrópico?
Passei por um grave acidente e fiquei em torno de 60 dias internado, correndo risco de morte. Além de ter Deus ao meu lado, temos que ter um bom hospital para nos atender e nos dar amor e isto o Hospital de Câncer de Barretos, com todas suas unidades, faz. Realizar este evento é uma satisfação pessoal incrível.
 Como é ser voluntário do hospital?
Quando você vê o trabalho bem feito, aí você ajuda mais. Quem for conhecer o Hospital de Câncer de Barretos, tenho certeza de que não sairá de lá sem ajudar. 
 O Hospital de Câncer de Barretos, que atende toda a região, com unidades de Fernandópolis e Jales, é praticamente tocado com o apoio e solidariedade dos empresários e população. O Hospital de Câncer é o exemplo de um Brasil que pode dar certo?
Sem dúvida, lá não se vê gente nos corredores e nem sofrimento. Quando você entra no hospital parece que estamos fora do Brasil. Todos poderiam seguir este exemplo.
 Você é membro do LIDE Rio Preto. O que mudou no conceito empresarial regional a partir da chegada do LIDE à região?
O  LIDE tem como objetivo fortalecer a livre iniciativa, com base nos princípios da governança corporativa. É “facilitador” para o desenvolvimento dos negócios e crescimento econômico. A região ganhou muito. No último ano, com a chegada do Marcos Scaldelai o LIDE  passou de 19 para 90 empresários associados. O LIDE ganhou em associados, além de conteúdo e maior relacionamento. E isto atrai o empresário.
 Estamos em meio a uma crise política, econômica e moral. Enxerga saída?
Na minha opinião estamos no momento em que a economia descolou da política e logo teremos bons resultados a médio prazo.
 O que dá para vislumbrar nesse cenário que aí está?
Tudo que estamos passando no momento atual e que acompanhamos pelos telejornais mostra que o Brasil precisa de novos nomes que desejem mudar nosso futuro político e que façam propostas concretas para nosso desenvolvimento.
 A Facchini já teve sua marca no 1º Distrito Industrial de Fernandópolis. O prefeito André Pessuto está apostando alto para tirar do papel um novo Distrito Industrial, à margem da Euclides da Cunha, e tem feito sondagens para atrair grupos empresariais para o projeto que é a menina dos olhos da cidade. O grupo Facchini já foi cortejado para voltar a ter uma Unidade de produção na cidade?
Tivemos um unidade em Fernandópolis no passado e até o momento não fomos procurados.

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');