Profissionais da saúde participam de capacitação sobre sífilis

SAÚDE - 08:50:23
Profissionais da saúde participam de capacitação sobre sífilis

Os profissionais médicos e enfermeiros das unidades de saúde de Fernandópolis e microrregião participaram de uma capacitação sobre sífilis, sífilis em gestante e sífilis congênita, realizada no dia 27 de outubro. O encontro teve a participação de 46 profissionais.
Esta capacitação teve objetivo de melhorar a conduta sobre o diagnóstico e tratamento da sífilis. A palestra foi conduzida pelo médico infectologista do CADIP(Centro de Atendimento a Doenças Infectocontagiosas), Maurício Fernandes Favaleça, com a participação da Vigilância em Saúde, que apresentou dados epidemiológicos do município.
No dia 21 de outubro também foi oferecido gratuitamente à população teste rápido de sífilis, em ação realizada na praça Joaquim Antônio Pereira. Foram examinadas 54 pessoas, com o diagnóstico de três casos positivos da doença. Os pacientes já foram encaminhados ao CADIP para notificação e tratamento adequado.
É importante lembrar que este teste rápido está disponível em todas as unidades de saúde do município durante o ano todo. É fundamental que cada cidadão faça periodicamente este exame. 
SÍFILIS
Sífilis é uma infecção bacteriana geralmente transmitida pelo contato sexual que começa como uma ferida indolor. A sífilis desenvolve-se em estágios, e os sintomas variam conforme cada estágio. A primeira etapa envolve uma ferida indolor na genitália, no reto ou na boca. Após a cura da ferida inicial, a segunda fase é caracterizada por uma erupção cutânea. Depois, não há sintomas até a fase final, que pode ocorrer anos mais tarde. Essa fase final pode resultar em danos para cérebro, nervos, olhos ou coração.
As pessoas podem ter: dores nos músculos, fadiga, febre, mal-estar ou perda de apetite. Na região genital: úlceras indolores. Também é comum: dor de cabeça, dor de garganta, erupção nos pés e nas mãos, inchaço dos gânglios ou perda de peso. O tratamento consiste no uso de penicilinas. Os parceiros sexuais também devem ser tratados.

 

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');