Neide Garcia revive discussão sobre Anel Viário

POLÍTICA - 22:54:57
Neide Garcia revive discussão sobre Anel Viário

Em um requerimento apresentado na sessão desta terça-feira, 7, a vereadora Neide Garcia (PP) reacendeu as cobranças em relação ao tão esperado Anel Viário de Fernandópolis. Ela quer saber quando as obras serão iniciadas.

O primeiro projeto relacionado ao Anel Viário foi lançado há pelo menos 20 anos e, desde então, promessas mais promessas foram feitas, mas, até agora nada foi feito. A justificativa para a construção do Anel Viário sempre foi a mesma: livrar o perímetro urbano do tráfego de veículos pesados - caminhões e ônibus.

Em 2009, a assessoria do então prefeito Luiz Vilar chegou a anunciar que "a primeira etapa de construção do anel viário – que ligará a rodovia Euclides da Cunha à vicinal Carlos Gandolfi e ao município de São João das Duas Pontes – entrou em fase de licitação nesta semana", porém, se de fato entrou, até hoje não foi concluída.

O projeto seguiu engavetado, até o ano passado, quando a então prefeita, Ana Bin, já em fim de mandato, firmou uma PPP - Pareceria Público Privada - com a Usina Coruripe Açúcar e Álcool, para enfim o viabilizar. À época, foram desapropriadas áreas de quatro propriedades rurais com o pagamento de R$ 462,5 mil aos donos destas terras.

Coube à prefeitura negociar e pagar pelas áreas desapropriadas, com a colaboração da Usina Coruripe, que ofereceu 50% do valor necessário para cumprir o acordo com os proprietários das terras. Com a imissão da posse da área, a usina Coruripe ficou autorizada a começar o serviço no local, já que a construção será de responsabilidade da empresa, que irá oferecer equipe técnica, mas até hoje não há mais informações sobre a obra, o que motivou o requerimento da vereadora.

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');