Bastidores

ARTIGOS - 16:24:35

MUITAS...

obras, prometidas em palanque e reconhecidamente imprescindíveis ao desenvolvimento da cidade, acabam postergadas pelos eleitos e os projetos têm como destino os escaninhos, lembrados apenas como peças de museu.

O ANEL...

Viário é um dos exemplos que vem desafiando as administrações de Fernandópolis. Como em todas as cidades que vão crescendo, com o passar dos anos, a obra contribuiria para solucionar problemas de trânsito, além de impulsionar novos loteamentos.

DE...

vez em quando o Anel Viário é lembrado na Câmara Municipal. Na sessão de terça-feira, a vereadora Neide Garcia foi à tribuna para reforçar seu requerimento que pede informações da prefeitura sobre a data em que as obras serão iniciadas.

A HISTÓRIA...

do Anel Viário têm capítulos que contam como algumas administrações trataram a questão. Em 2004, o então candidato Rui Okuma, foi muito responsável quando firmou compromisso de priorizar e tentar realizar  apenas quatro grandes obras, entre elas o Anel Viário.  Okuma morreu no início do mandato.

EM...

2009, pomposo release da assessoria do prefeito Luiz Vilar trazia a informação que o Anel Viário entraria em licitação “na semana”, para construção da primeira etapa, ligando a rodovia Euclides da Cunha à vicinal Carlos Gandolfi. Nada.

ANO...

passado, em final de mandato, a prefeita Ana Bim buscou parceria para realizar a obra.Houve interesse da Coruripe, que assumiu compromisso de bancar 50% dos custos de desapropriação de áreas. A empresa sempre foi muito cobrada pela população, que, por muitos anos, conviveu com o transtorno do intenso movimento de caminhões carregados de açúcar com destino ao embarque ferroviário.

À ÉPOCA...

a prefeitura gastou mais de 400 mil reais, mas a obra não andou. Em que pé está se houve quebra de acordo entre a empresa e o poder público, são questões que talvez se esclareçam nas respostas da administração ao requerimento da vereadora Neide Garcia.

A COBRANÇA...

da vereadora é oportuna. Mesmo em tempos de vacas magras é preciso buscar meios para construção da importante obra. Que o Anel Viário nos aponte o caminho do desenvolvimento, não o corolário de obras empacadas, como a ponte na Avenida Teotônio Vilela, que liga o bairro Brasilândia com a Expo.

 

Alencar Cesar Scandiuzi

Alencar Cesar Scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');