Para suprir demanda, Hemonúcleo tem que dobrar o número de doadores

CADERNO VIVA - 18:22:03
Para suprir demanda, Hemonúcleo tem que dobrar o número de doadores

25 de novembro é o Dia do Doador de Sangue. Mas, o baixo estoque de sangue não indica motivos para comemoração. Para trabalhar numa situação de segurança o Núcleo de Hemoterapia de Fernandópolis precisaria dobrar o número de doadores. 

“O ideal seria captar em torno de 1.200 bolsas de sangue mês. Mas estamos trabalhando bem abaixo desse limite, em torno de 600 bolsas”, disse a agente de captação Rosangela Santos. Neste sábado, o Núcleo vai atender das 7h30 às 12 horas e terá uma camiseta comemorativa para os doadores. 
A situação de estoque é mais grave para os tipos negativos (-A e –O). “No caso do A negativo nós teríamos que trabalhar com estoque de 10 bolsas por medida de segurança. Hoje (quarta-feira) temos apenas 7. No O negativo, o ideal seriam 15 bolsas, mas temos apenas 8”, disse a agente. O único tipo sanguíneo que tem mais bolsas em estoque é o A positivo. O estoque é de 96 bolsas para uma necessidade mínima de 60. “Bom seria que tivéssemos essa folga em todos os tipos sanguíneos”, diz.
O Núcleo de Hemoterapia de Fernandópolis atende uma rede de hospitais que vai de Cosmorama a Ilha Solteira. Nessa região estão grandes hospitais como as Santas Casas de Votuporanga, Fernandópolis, Jales e Santa Fé do Sul, além do Hospital de Câncer de Jales. A demanda é grande e muitas vezes é preciso buscar sangue em outros Núcleos, como Presidente Prudente que é quem está socorrendo na hora das emergências. 
Geralmente a Semana do Doador de Sangue é realizada nesta época por ocasião do Dia do Doador de Sangue. Contudo este ano, a campanha foi antecipada por decisão do Hemocentro de Ribeirão Preto. A semana do doador ocorreu entre os dias 30 de outubro e 4 de novembro quando foram coletadas 204 bolsas no Hemonúcleo. Parte da maior doação registrada no período foi por conta de uma ação desenvolvida pelo personal training Givan Inácio que colocou como uma das provas para suas alunas, a doação de sangue. Com essas ações, a coleta no mês de novembro ultrapassou a marca de 700 bolsas. 


Dicas para doação

As doações podem ser feitas de segunda, terça, quinta e sexta-feira, das 7h30 às 17h30; de quarta-feira, das 7h30 às 19h; e de sábado, das 7h30 às 12h no Núcleo de Hemoterapia ao lado da Santa Casa. O telefone do Núcleo de Hemoterapia de Fernandópolis é o (17) 3442-5544. 
- Para ser doador de sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, 11 meses e 29 dias. O menor de idade deve estar acompanhado do responsável. 
- Estar com boa saúde (sem gripe, resfriado, diarreia ou alergias) e sem feridas ou machucados no corpo ou na boca. 
- Ter mais de 50 quilos para os homens e mais de 51 quilos para as mulheres. 
- O intervalo entre as doações deve ser de 90 dias, com no máximo três doações ao ano para as mulheres; e 60 dias com no máximo quatro doações ao ano para as mulheres.
- É obrigatório apresentar documento com foto, emitido por órgão oficial: RG, Carteira Profissional, etc; 
-Caso esteja tomando medicação, levar sempre o nome do remédio.
-Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas. Em refeições fartas como o almoço e jantar, só doar após 3 horas;
-Evitar o uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas;
-Não fumar por no mínimo uma hora antes e uma hora após a doação;

VEJA TAMBÉM

teste

Costa Azul turismo
ga('send', 'pageview');