Alunos transformam gincana da escola em lição de solidariedade

CADERNO VIVA - 19:12:34
Alunos transformam gincana da escola em lição de solidariedade

Alunos do 6º ano da Escola Estadual Joaquim Antonio Pereira, Jap, transformaram uma gincana de sala em uma verdadeira lição de solidariedade. Os garotos, com idades entre 10 e 12 anos arrecadaram dezenas de litros de leite, além de vários quilos de alimentos não perecíveis que serão doados a um aluno carente da escola e uma instituição filantrópica da cidade. 

Tudo começou com uma iniciativa da professora de português da turma, Daniele Wilke Fernandes Brasil, que propôs em sala uma gincana entre os alunos, onde eles deveriam produzir textos em grupos. Porém, ao término da atividade, ela se deparou em um dilema: as equipes empataram no número de pontos. 
Para desempatar a “competição”, a professora encontrou uma saída. Sugeriu aos alunos que eles arrecadassem litros de leite que posteriormente seriam destinados a entidades assistenciais de Fernandópolis. 
“Quando falei que era para doar para algumas entidades eles levaram muito a sério. Eu esperava arrecadar no máximo três ou quatro caixas de leite, mas o resultado é esse aí que estão vendo”, contou a professora, orgulhosa. 
Os garotos, se organizaram e começaram a arrecadar não apenas leite, mas também alimentos. Eles deixaram suas casas e começaram a pedir ajuda para familiares, amigos e até na vizinhança. 
Em menos de uma semana a mesa da coordenação da escola já estava lotada de caixas de leite e de alimentos. “Me surpreendi bastante. Percebi que eles têm uma visão muito além da idade deles, estão preocupados com o próximo e isso é muito bonito de se ver”, completou a professora. 
 De acordo com o aluno Bruno Silva Macedo, foi justamente a vontade de ajudar ao próximo movimentou a turma. 
“Sinceramente essa é a primeira vez que levo um concurso desses a sério. Nunca me interessei muito por competições do tipo, mas quando disseram que era para ajudar outras pessoas então eu pensei: poxa é uma coisa tão pequena, então vou ajudar. Graças a Deus consegui muita coisa na minha vizinhança, as pessoas foram muito generosas. Toda vez que tiver campanhas do tipo eu vou me empenhar ao máximo”, concluiu Bruno. 
A contagem dos pontos das equipes foi concluída ontem, 8, porém não houve tempo hábil para esta publicação. No mesmo dia os alunos escolheram a entidade agraciada com os produtos e entregaram a cesta ao coleguinha que precisava.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');