Bastidores

ARTIGOS - 11:43:32

O SILÊNCIO...

da Associação Comercial e Industrial de Fernandópolis, em relação ao projeto da decoração natalina, preocupa. Afinal, os comerciantes e a população receberam com entusiasmo as palavras do presidente Matheus Morales, que assumiu a entidade em janeiro deste ano.

O JOVEM...

presidente, dias após a posse, falou de suas prioridades e colocou com destaque a revitalização do centro da cidade, demonstrando total confiança no prefeito André Pessuto. “Vamos fazer Fernandópolis voar”, disse Morales.

PARA...

uma cidade que nada tem visto acontecer de novo em suas principais artérias –ruas São Paulo e Brasil – a declaração de Morales trouxe esperança de que Fernandópolis, depois de surrar a roupa velha,por longos anos, vestiria, finalmente, um costume de corte impecável.

EM...

março, CIDADÃO dava em manchete; “Contra o pessimismo, ACIF inicia mobilização por decoração natalina”. Nova dose de entusiasmo ao comércio, e às famílias, um tanto aborrecidas com o banho que Fernandópolis vem tomando de outras cidades no Natal.

A DECORAÇÃO...

sonhada por Morales: estender a decoração de Natal para as principais ruas comerciais, praça central, além do portal de entrada da cidade. Para tanto, desejava parceria e o envolvimento de toda a sociedade, representantes de entidades, empresários, imprensa, artistas plásticos, artistas culturais, escolas, colégios, faculdades, projetos como Escola da Família...

TUDO...

que estava nos seus propósitos de gestão, Morales, organizado como o pai, Neoclair Morales, foi passando via release para a imprensa. De repente, a comunicação acabou e nunca mais houve manifestação da ACIF sobre a revitalização do centro e decoração natalina. Estranho.

FOSSE...

outra gestão, como aquela em que o presidente da entidade constava da folha de salários da prefeitura, tudo bem. Compreende-se que tal vínculo (exclusividade de Fernandópolis) inibisse qualquer tipo de pressão na cabeça do prefeito-patrão para investir nos enfeites de Natal.

COMO...

agora vivemos outros tempos, com gestão independente na ACIF, a imprensa e os comerciantes – aqueles que não são diretores e não participam de reuniões – esperam uma palavra que possa justificar os motivos que levaram à postergação das prioridades da atual diretoria, empenhadas por ocasião da posse em janeiro.

 

Alencar Cesar Scandiuzi

Alencar Cesar Scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

Fique atento aos primeiros sinais de leucemia infantil -

Parte I

teste

ga('send', 'pageview');