Cadip intensifica prevenção à hanseníase no ‘janeiro roxo’

SAÚDE - 07:00:04
Cadip intensifica prevenção à hanseníase no ‘janeiro roxo’

O primeiro mês do ano é destinado à campanha “Janeiro Roxo”, que reforça o compromisso de controlar a hanseníase, promover o diagnóstico e o tratamento corretos, além de difundir informações e desfazer preconceitos que tanto prejudicam a prevenção da doença. Em Fernandópolis, o Cadip - Centro de Atendimento a Doenças Infectocontagiosas e Parasitárias - diagnosticou 41 novos casos em 2017.

No segundo semestre de 2017 a equipe multiprofissional do Cadip, liderada pelo médico infectologista Marcio Gaggini, iniciou atendimento nas unidades de saúde do município para as pessoas que têm manchas na pele e alterações de sensibilidade. Até o momento foram atendidas 16 unidades, com um total de 67 pacientes examinados. Deste total foram diagnosticados 13 casos novos para hanseníase. Em todo o ano de 2017 foram diagnosticados 41 casos novos para hanseníase no município.

A HANSENÍASE

O Dia Nacional de Combate e Prevenção da Hanseníase é comemorado anualmente no último domingo do mês de janeiro.A doença é infectocontagiosa e tem cura. A pessoa pode ficar de dois a dez anos com a bactéria causadora da doença incubada no corpo sem manifestar os sintomas que são: manchas na pele com diminuição da sensibilidade, caroços pelo corpo, dor e sensação de choque nos nervos dos braços, pernas, pés, mãos e diminuição da força muscular nas extremidades.

A hanseníase é transmitida por meio das vias respiratórias, tosse e espirros emitidos por uma pessoa contaminada e por contato prolongado. Não se contrai hanseníase por meio de copos, pratos, talheres, nem em assentos, apertos de mão, abraço, beijo, picada de inseto, aleitamento materno, doação de sangue, relação sexual ou gravidez.

O tratamento tem duração de seis a 12 meses e é oferecido gratuitamente pelo município. Já no início a pessoa deixa de transmitir a doença, por isso, não deve ser separada de sua família nem interromper atividades rotineiras.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');