Quinta-feira, o “Dia D” para a nova Área Azul

ARTIGOS - 19:38:49
Quinta-feira, o “Dia D” para a nova Área Azul

Sem estacionamento rotativo desde 20 de setembro, o comércio central conta os dias para que o novo sistema, prometido pela administração, comece a operar e coloque fim a “bagunça” que virou o centro, como reclamou na semana passada o comerciante Guto Rimoldi. 

Se tudo der certo, na quinta-feira, 25, será dado passo importante para a implantação da nova Área Azul denominado “Rotativo Fernandópolis”. Às 9 horas da manhã, no Paço Municipal, está programada a abertura das propostas da concorrência para concessão do serviço que levará em conta na avaliação a combinação dos critérios da melhor técnica com a de maior repasse pela outorga da concessão. A empresa habilitada na concorrência vai operar um negócio que estima movimentar R$ 2,8 milhões por ano, ou R$ 28 milhões nos 10 anos, prazo da concessão, que poderá ser renovado por igual período. 
A empresa vencedora deverá investir cerca de R$ 450 mil para implantar todo o sistema, desde aquisição de equipamentos eletrônicos, até implantação de sinalização e campanha de orientação ao usuário. Pelo contrato, a vencedora terá que repassar para a prefeitura 15% da receita mensal, estimada em R$ 35 mil. 
Inicialmente o prazo para abertura das propostas estava previsto para 5 de dezembro, depois passou para o dia 22 de dezembro e, por último, para adequação do edital, ficou para o dia 25, próxima quinta-feira. 
O processo, contudo, não termina no dia 25. Pode ocorrer da comissão de licitação tomar medida semelhante à adota pela comissão da licitação do transporte coletivo de passageiros, que suspendeu o processo para análise de toda a documentação. A partir da homologação do resultado da concorrência, conta-se prazo para recursos, o que pode adiar a assinatura do contrato. Após esse último passo, será contado o prazo de 60 dias para que a nova Área Azul comece a funcionar. Isso tudo, levando-se em conta que teremos uma ou mais empresas interessadas no negócio. Se tudo correr bem, o estacionamento rotativo estará funcionando pra valer em meados de abril ou maio. 

 

Bate pronto

  Ano de eleições e já começa a romaria de políticos pela região. Nesta semana, quem aterrissou por aqui foi o deputado federal Vanderlei Macris (PSDB), pai do atual presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris. Em entrevista, negou a fama dos tucanos de ficarem sempre em cima do muro. “No PSDB a gente discute muito, mas não ficamos em cima do muro”, disse. Confirmou que o partido trabalha para viabilizar Geraldo Alckmin para presidente e deixou escapar que João Dória, atual prefeito de São Paulo, pode sair para governador. A semana termina e quem estará em Fernandópolis neste sábado é o deputado federal licenciado e atual Secretário da Habitação, Rodrigo Garcia, do DEM, que pensa em voos maiores na política.


  O governo do Estado marcou para 15 de março o leilão dos lotes do novo modelo do transporte público intermunicipal de passageiros. A região de Rio Preto, incluindo Fernandópolis (hoje servida pelo Expresso Itamarati), está no lote 3, que engloba também Ribeirão Preto. O novo modelo acaba com o sistema atual que é operado por 11 empresas em 59 linhas na região. A partir de agora uma única empresa, ou consórcio, ficará responsável pelas linhas das duas regiões. A Artesp – Agência de Transportes do Estado de São Paulo – já trabalha com redução de 11,3% no número de ônibus. A nova concessão será por 15 anos. Pelo lote 3, a empresa ou consórcio terá de desembolsar lance mínimo de R$ 10,4 milhões.

 

  A Federação Paulista de Futebol já comunicou o presidente do Fefecê, Valter Cândido, que o Conselho Arbitral do Campeonato Paulista Sub-23, que vai substituir a antiga Série B será no dia 30 de janeiro. O Campeonato já tem data para começar: 8 de abril. O Fefecê, que no ano passado ficou fora da disputa por problemas de estrutura no Estádio, desta vez não terá esse problema. O Claudio Rodante foi aprovado na disputas da Copinha após a reforma.  Agora é começar a montagem do time.

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

Fique atento aos primeiros sinais de leucemia infantil -

Parte I

teste

ga('send', 'pageview');