Bastidores

ARTIGOS - 17:09:48

O DESEJO...

do prefeito André Pessuto, ao que parece, é deixar azul, muito azul o caixa da prefeitura. Vislumbra um trimestre de burra cheia, com o dinheiro oriundo da parte do IPVA –imposto estadual que destina ao município(50% ), e  o pagamento à vista e da  primeira parcela do IPTU.

OS...

primeiros meses, pelo resultado financeiro que proporcionam, chegam a mudar o humor dos prefeitos; a cara sisuda deles e cumprimentos secos, fruto do estresse, cedem lugar para um rosto mais tranquilo e comportamento cordial.

MAS...

Pessuto quer mais. Fez as contas da grana que vai entrar e viu que, embora significativo, o montante não será capaz de aliviar pendências, nem alavancar alguns projetos que estão repousando no gabinete, desde a posse em 1º de janeiro de 2017.

É QUE...

a receita originária do IPTU vai sofrer queda; e o motivo todo mundo sabe. A revisão para baixo, em consequência da reação popular, vai alterar os números, embora não se saiba o quanto a prefeitura deixará de arrecadar.

O PREFEITO...

procurou alternativa. Vai leiloar nada mais, nada menos que 22 imóveis públicos, e espera arrecadar R$ 4 milhões. A hasta pública será realizada dia 8 de fevereiro, e segundo edital da prefeitura, contempla uma área( a maior) de 9 mil metros quadrados(Avenida da Saudade, ao lado do Cemitério da Consolação) com lance de R$ 2,6 milhões ).

VENDA...

de bem público (agora será para amortecer a dívida com o IPREM) é sempre recebida com certa dose de desconfiança pela população, sob argumento de que o negócio, por razoável que seja, soa como dilapidação do patrimônio do município. Mas há exceção.

TOMEMOS...

emprestado o exemplo de Junior Marão, de Votuporanga. Quando prefeito encheu-se de coragem e colocou à venda o Estádio Plínio Marim, xodó da torcida do time local. Com o dinheiro,Marão fez erguer uma nova e  arrojada arena,com ampla visibilidade, abrindo espaço para que a iniciativa privada construísse no antigo endereço do estádio  o Laranjão, já inaugurado. Como o terreno é grande, vai permitir, ainda, a construção de duas torres de modernos edifícios residenciais.

TÃO...

logo circulou a notícia do leilão das áreas públicas de Fernandópolis, a curiosidade de alguns fernandopolenses avançou sobre o uso futuro do maior terreno que a prefeitura está vendendo.  Uns dizem que o grande interessado na área de 9 mil metros quadrados é um empresário do ramo de supermarcados. Já outros garantem que ali será construído um empreendimento pelo sistema PPP - Parceria Público Privada. Aguardemos.

 

 

 

Alencar Cesar Scandiuzi

Alencar Cesar Scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');