Índices de violência têm queda em Fernandópolis

POLÍCIA - 07:38:42
Índices de violência têm queda em Fernandópolis

Números divulgados pela Secretaria Estadual da Segurança Pública de São Paulo mostram queda da violência em Fernandópolis na comparação com 2016. A cidade fechou 2017 registrando queda nos furtos (-18,5%), furto de veículos (-41,9%), roubo de veículos (-80%), roubos (-63,2%).  No caso de estupro, também houve queda (-26%). 
Outro item que chama a atenção é que Fernandópolis fechou o ano de 2017 sem registrar nenhum homicídio culposo ou doloso.
O lado negro da estatística da violência em 2017, é que Fernandópolis voltou a registrar o crime de latrocínio (roubo seguido de morte) após nove anos. A cidade também registrou aumento de casos de estupros de vulnerável, passando de cinco em 2016 para 13 no ano passado. O trânsito também contribuiu de forma negativa na estatística. Houve queda no número de acidentes, mas o número de mortes aumentou 83%, passando de 5 em 2016 para 11 em 2017. Essa estatística não registra as mortes nas rodovias. 
O capitão Rafael Henrique Helena, do Comando de Policiamento do Interior 5, responsável pelo policiamento na região, incluindo o 16º Batalhão da Polícia Militar de Fernandópolis, afirma que a PM trabalha e monitora os índices criminais. "As metas estabelecidas pela SSP foram atingidas com grande margem. A gente continua fazendo o possível e o impossível, monitorando locais de maior incidência criminal, informações de criminosos, trabalhando com inteligência", fala. 
O delegado Raymundo Cortizo Sobrinho, do Deinter-5, responsável pela Polícia Civil na região, diz que o Brasil é um país com alto índice de violência por motivos que não estão relacionados à segurança pública. "Falta de distribuição de renda, educação, urbanização da cidade. Enquanto não resolver esses problemas sociais vamos continuar a ter índice de criminalidade significativo", acredita. Para o delegado, os índices da região são aceitáveis quando comparados aos do Estado e do País.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');