Após pressão, Câmara aprova redução na alíquota do ISS

POLÍTICA - 08:14:19
Após pressão, Câmara aprova redução na alíquota do ISS

Após pressão popular, a Câmara Municipal de Fernandópolis aprovou na segunda-feira, 29, em sessão extraordinária, o projeto do prefeito André Pessuto (DEM) que flexibiliza a alíquota do ISS – Imposto Sobre Serviços. Nenhum vereador se manifestou sobre o recuo do Executivo e Legislativo. 
Até o ano passado a alíquota variava entre 2% e 5%. A Câmara, a pedido da Prefeitura, fixou no final do ano passado, no entanto, alíquota única de 5% para todos os serviços. A decisão gerou polêmica e debate nas redes sociais, inclusive com troca de farpas entre um secretário Municipal e um empresário da cidade, que estava inconformado com o aumento de 150% em seu tributo. 
Após dias de discussão, a ACIF, por meio de seu presidente Mateus Morales, e uma comissão de empresários fernandopolenses, se reuniu com o prefeito sob a alegação de que o aumento do imposto era abusivo diante da situação econômica que se encontra o país.
Dias depois, o prefeito anunciou que estava voltando atrás em mais uma decisão, e enviou para Câmara um novo projeto flexibilizando o tributo com alíquotas entre 3,5% e 5%, dependendo de cada serviço, e concedendo um desconto de 15% para o pagamento em dia, o que foi aprovado pelos vereadores em sessão extraordinária. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');