Receita lançada com IPTU bate em R$ 28,6 milhões

ARTIGOS - 19:15:37

Grande parte dos contribuintes de Fernandópolis ainda não recebeu o carnê de IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano - fato que obrigou o prefeito André Pessuto a prorrogar o prazo de pagamento da primeira parcela ou cota única com desconto de 8%. O novo prazo estendido vai até 15 de fevereiro. Quem optar pelo parcelamento terá que arcar com duas parcelas (janeiro e fevereiro).

A pedido do CIDADÃO, a Secretaria da Fazenda informou que o total lançado com IPTU este ano atinge o montante de R$ 28.699.593,54, aumento de 21% em relação ao montante lançado no ano passado que foi de R$ 23.524.638,67. 
Ainda de acordo com a Secretaria da Fazenda, no ano passado ingressaram nos cofres públicos R$ 22.327.481,50 com esse imposto. Esse valor, claro, foi turbinado pelo Refis que arrecadou mais de R$ 3 milhões, que incluiu IPTU e outros impostos. No ano passado, com o pagamento à vista e da primeira parcela, a prefeitura arrecadou cerca de R$ 4 milhões.
Os carnês de IPTU estão sendo distribuídos pelos Correios. Serviço aliás que vem provocando grandes reclamações dos fernandopolenses. Há quem duvide que até o dia 15, todos os carnês já tenham chegado às mão dos contribuintes. Por enquanto, as reclamações estão aparecendo em conta gotas.

Bate Pronto 

  A empresa Viação Jauense foi habilitada na concorrência pública aberta pela prefeitura para concessão de serviço de transporte coletivo de passageiros em Fernandópolis. A empresa foi a única que apresentou proposta na entrega dos envelopes no início do mês. Após análise da documentação de habilitação, a comissão marcou data para abertura do envelope com a proposta. Será no dia 7 de fevereiro, quarta-feira, às 14 horas. Vencida a parte burocrática, a empresa terá 60 dias para iniciar a nova concessão, que inclui a troca da frota de ônibus.

  Por falar em prazo, está marcado para quinta-feira, 8, às 9 horas, o leilão de 22 imóveis públicos. Se vender todos os imóveis, a prefeitura pode arrecadar mais de R$ 4 milhões. São 22 áreas espalhadas pela cidade sendo que a mais cara delas terá lance inicial de R$ 2,6 milhões (9.057,92 metros quadrados) e a mais barata com lance de R$ 19 mil (52,80 metros quadrados. A maioria dos imóveis, 18 deles, está localizado no Jardim Rio Grande – antigo núcleo da Cesp - e os demais no Nova Canaã, Uirapuru, São Bernardo e São Sebastião.

  O padre José Aparecido Ferro Martinez, o padre Zézinho, se despede amanhã de Fernandópolis. Ele celebra a missa de despedida às 20 horas na Matriz.  No dia 9, assumirá nova missão em Pereira Barreto. A posse dos novos padres na Matriz ocorrerá no dia 11 em celebração com a presença do bispo Dom Reginaldo Andrietta. Assumem os padres Natalino Sérgio de Araújo e Miguel Donizete Garcia, que deixa a Paróquia São Bernardo. A celebração será às 19 horas. Padre Joilson Domingos André, assumirá a Paróquia São Bernardo no dia 4 de março.

  A reunião agendada para quinta-feira, 1º, entre o prefeito André Pessuto e empresários na Associação Comercial para discutir a implantação da nova Área Azul foi cancelada. Em carta a Acif, o prefeito alegou que a judicialização do processo licitatório tornou a reunião inviável. De acordo com o prefeito seria oportuno aguardar a manifestação do Tribunal de Contas sobre as impugnações apresentadas que resultou na suspensão do certame, para não contaminar a lisura do procedimento.

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');