Município está em situação de risco para dengue

SAÚDE - 19:17:02
Município está em situação de risco para dengue

 

A secretaria municipal de Saúde de Fernandópolis realizou na primeira quinzena de janeiro o Liraa - Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes. Foram visitados 1.880 imóveis, sendo que em 62 quadras tinham larvas do Aedes Aegypti. Com resultado de infestação de 6.6, Fernandópolis fica em situação de risco para possíveis casos de dengue, zika vírus e chikungunya.

Quando o índice do Liraa é apontado em até 0.9, é considerado satisfatório; entre 1 e 3.9 o município fica em estado de alerta; e acima de 4 é considerado em situação de risco. Após receber o resultado deste estudo, a secretaria de Saúde intensificou as ações em volta das quadras onde foram encontradas as larvas do aedes. Além disso, as ações cotidianas, como visita casa a casa e bloqueios, por exemplo, continuam sendo executadas.
Em todo o ano de 2017, Fernandópolis teve apenas 24 casos de dengue. Em 2018, foi confirmada, até o momento, uma pessoa doente no mês de janeiro e há 11 exames em análise. De zika, o município teve uma confirmação em 2017 e nenhum neste ano. Já a chikungunya atingiu seis pessoas no ano passado e nenhum em 2018.
Para que a situação de risco não se transforme em problemas reais, sobretudo ao longo do verão, a população precisa cooperar fazendo a sua parte eliminando os objetos que possam servir de criadouro do mosquito. 
O aedes coloca seus ovos em água limpa, mas não necessariamente potável. Por isso é importante jogar fora pneus velhos, virar garrafas com a boca para baixo e, caso o quintal seja propenso à formação de poças, realizar a drenagem do terreno. Também é necessário lavar a vasilha de água do bicho de estimação regularmente e manter fechadas tampas de caixas d’água e cisternas. O uso de pratos nos vasos de plantas pode gerar acúmulo de água. Há três alternativas: eliminar esse prato, lavá-lo regularmente ou colocar areia. A areia conserva a umidade e ao mesmo tempo evita que e o prato se torne um criadouro de mosquitos.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');