Lar Meimei realiza o primeiro almoço beneficente do ano

GERAL - 07:22:42
Lar Meimei realiza o primeiro almoço beneficente do ano

Março, junho, setembro e dezembro são os meses de realização do tradicional “Almoço da Meimei”. Neste domingo, 11, a Associação Espírita Beneficente “Pátria do Evangelho”, mantenedora do Lar Meimei, abre o seu calendário de 2018, realizando o primeiro almoço do ano.  Além de reunir a comunidade para se confraternizar a renda do almoço ajuda a tocar os projetos do “Lar” que acolhe mais de 100 crianças.
Neste domingo, 11 de março, a partir das 11h30 o “Almoço da Meimei”, como é conhecido, deve atrair mais 1,2 mil pessoas como de costume. O cardápio é o tradicional e inclui: churrasco, tutu de feijão com torresmo, costela, farofa, torresmo, arroz branco, macarronada e saladas variadas. Para realizar o almoço, a entidade recebe muitas doações, inclusive de dinheiro, que é usado para a compra de carne. “Só de carne, entre costela e carne de churrasco, são consumidas cerca de 400 quilos a cada almoço”, informa o presidente   da Associação, Geraldo de Carvalho.
O almoço ocorre no Salão de Festas da Associação, localizado na Rua Pernambuco, 2385. Os ingressos custam R$ 25 adulto (crianças de 7 a 12 anos pagam meia). Para as pessoas que optarem, haverá fornecimento de marmitex.
Para realizar o almoço, a Meimei mobiliza mais de 100 voluntários que iniciam os trabalhos ao longo da semana. “É um momento bom de convivência entre as pessoas. Sem os voluntários não conseguiríamos servir mais de 1.200 refeições”, lembra sempre o presidente. “Felizmente todos que vem no almoço saem satisfeitos com o atendimento. A nossa entidade tem quase 50 anos de vida e já atendemos milhares de crianças. As primeiras crianças atendidas hoje são avós”, relata o presidente. 
Os quatro almoços que a entidade realiza anualmente são fundamentais para manutenção do Lar Meimei. “Estamos, como as demais entidades, sofrendo as consequências das dificuldades financeiras. Fizemos uma parceria com a prefeitura que mantém uma Escola Municipal, mas as despesas são altas, temos que manter uma equipe técnica e de professores, sem contar que é necessário fazer manutenção do prédio e isso custa dinheiro”, diz Carvalho.

 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');