Semutran estima em 200 os veículos “abandonados” em Fernandópolis

GERAL - 18:58:02
Semutran estima em 200 os veículos “abandonados” em Fernandópolis

É recorrente a reclamação de moradores sobre veículos abandonados pela cidade. Um dos casos que ganhou destaque foi de uma carreta abandonada por meses ao lado da Praça da Aparecida. O problema se espalha por toda a cidade. A própria Semutran – Secretaria Municipal de Trânsito – estima em cerca de 200 as “latas velhas” abandonadas.

Desde que assumiu a pasta em 2017, o secretário de Trânsito Ederson José da Silva vem trabalhando na busca de uma solução para o problema. Ele tentou convênio com o Detran/SP – Departamento Estadual de Trânsito – para recolher esses veículos para um pátio legalizado após a notificação dos proprietários. “O Detran mudou a forma de credenciar os municípios neste tipo de convênio”, explicou Ederson. Com o convênio descartado, ele já encaminhou no final de janeiro para a Secretaria de Gestão a necessidade de licitar espaço para implantação de um pátio de depósito desses veículos. “Por lei municipal, a prefeitura tem o poder de recolher esses veículos, após a notificação dos proprietários, mas precisa dispor de pátio legalizado”, reforçar o secretário.
A retirada dos veículos abandonados pela Polícia Militar dependeria de alguma irregularidade. “Se o veículo estiver estacionado regularmente na via pública não tem como a PM recolher, mesmo que a documentação esteja irregular”, explica Ederson.
Segundo o secretário vários proprietários notificados pela prefeitura, retiraram os veículos, mas de acordo com um mapeamento realizado, a estimativa é de que pela cidade estão abandonados cerca de 200 veículos. Grande parte já virou sucata e passou a ser problema para os moradores vizinhos. 
Para iniciar uma operação de retirada das latas velhas das vias públicas, a Secretaria de Trânsito depende de licitação de área para implantação de um pátio devidamente regulamentado dentro das normas do Detran.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');