Verão ainda nem terminou, mas já é o mais chuvoso em 7 anos

CADERNO VIVA - 18:57:57
Verão ainda nem terminou, mas já é o mais chuvoso em 7 anos

O fim do verão e o início do outono sempre representa um alívio para os prefeitos, com a perspectiva de redução das chuvas. Mas, segundo a meteorologia, as chuvas devem começar a reduzir a partir da segunda quinzena de abril. Até lá, será outono, mas com cara de verão, ou seja, calor e pancadas de chuvas.

O Outono inicia-se 13h15 da terça-feira, 20. Sendo uma estação de transição entre o verão e inverno, verificam-se características de ambas, ou seja, mudanças rápidas nas condições de tempo, maior frequência de nevoeiros nas regiões Sudeste e Sul. 
O fernandopolense, por exemplo, amanheceu a segunda-feira, 12, estranhando o nevoeiro que cobriu parte da cidade. A neblina logo se dissipou e veio o sol e muito calor, com a temperatura atingindo 34 graus. Aliás, a temperatura máxima oscilou entre 33 e 35 graus esta semana. Associada com a alta umidade, a sensação térmica foi de desconforto para os fernandopolenses.
De acordo com o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, a previsão do tempo indica diminuição de chuvas no começo de abril, mas, ainda assim, os volumes estarão dentro ou um pouco acima da normalidade. Nos meses de maio e junho é esperado que algumas frentes frias passem pela região, trazendo chuvas mais consistentes para o período. O tempo seco chega com força somente em junho.
O verão que termina na terça-feira, já é o mais chuvoso em oito anos. Até terça-feira, 13, o pluviômetro da Ciiagro - Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas – que mantém estação hidrológica no campus da Universidade Brasil, registrou volume de chuva de 905 milímetros (cada milímetro corresponde a um litro d´água por metro quadrado). Foram 47 dias de chuva. O período com mais chuva foi janeiro com 346,7mm. A título de comparação, o verão passado registrou volume de chuva de 575,8 mm, 43% menos. 
Os verões 2015/2016, 2014/2015 e 2013/2014, registraram volumes de chuvas que variaram entre 721 mm, 292mm e 443mm, respectivamente.
O atual verão só é menos chuvoso comparado com o de 2010/2011, que registrou volume de chuva de 928,2 mm. 
É bom ressaltar que esse volume de chuva é o registrado no local em que se encontra a estação. Como no verão, há ocorrências de chuvas esparsas, é possível ocorrer discrepância no volume registrado em outras estações. Um exemplo dessa variação foi o registro de chuva de sábado em Indiaporã, que atingiu 91mm. Em Fernandópolis, distante 50 km, foi de 30mm.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');