Com a temporada de gripe chegando, vacinação começa no dia 16 de abril

SAÚDE - 07:19:20
Com a temporada de gripe chegando, vacinação começa no dia 16 de abril

A chegada do outono abre a temporada de gripes e resfriados. Todos ainda se lembram do pânico que se instalou em 2016 por conta do surto de gripe H1N1, a popular gripe suína. Pessoas passaram horas em filas à espera da vacina. Mesmo quem se dispôs a pagar pela vacina, teve que ter paciência.
A temporada 2018 começa com um alerta. O surto de gripe Influenza 2018 que tomou conta de praticamente todos os Estados Unidos acende a luz amarela para os brasileiros que ainda irão passar pela estação mais fria do ano. Desde o início do inverno no hemisfério Norte, 47 mil casos de gripe foram confirmados e 20 crianças morreram. O vírus que está se espalhando é o H3N2, um subtipo do vírus influenza A.
Aqui no Brasil, o Ministério da Saúde anunciou que a campanha de vacinação contra a gripe para os chamados grupos prioritários vai começar em 16 de abril. O Dia D da vacina será no dia 5 de maio. 
A vacina da gripe deste ano terá uma proteção maior em relação à vacina de 2017. A cepa do subtipo do vírus H3N2 Singapore passa a fazer parte da composição do imunizante, depois de as autoridades em saúde perceberem uma maior circulação desse vírus específico, e os riscos relacionados a ele.
Nos Estados Unidos, uma mutação do vírus da gripe H3N2 Hong Kong gerou o surto de gripe. Essa mesma cepa já estava presente na vacina brasileira do ano passado.
Esse é o principal motivo pelo qual, ano após ano, as pessoas são chamadas a se vacinarem contra a mesma doença. Pode parecer que se trata apenas de uma infecção, mas o vírus da gripe tem uma capacidade grande de gerar mutações e criar novas versões de si mesmo.
Em Fernandópolis, cerca de 20 mil pessoas que integram os chamados grupos prioritários devem ser vacinados contra a gripe este ano. A Secretaria Municipal de Saúde deve divulgar nas próximas semanas as orientações para a vacinação. Os grupos prioritários para a vacinação são:  Crianças de 6 meses até 5 anos; Gestantes; Puérperas até 45 dias após o parto; Trabalhadores do segmento de saúde; Povos indígenas; Grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos, sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; e Professores das escolas públicas e privadas.

 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');