Bastidores

ARTIGOS - 13:42:31

O PREFEITO...

André Pessuto demonstrou coragem ao submeter-se a responder às perguntas de ouvintes, durante entrevista que concedeu ao Programa Rotativa no Ar, campeão de audiência da Rádio Difusora, terça-feira, 17. Ele tem sido alvo de uma avalanche de críticas nas redes sociais.

MESMO...

assim, com otimismo, respondeu a questionamentos de moradores e fez comentários sobre os 470 dias de seu governo, reconhecendo que a maioria dos prefeitos está andando de cabeça baixa por conta da crise e citou como exemplo o FPM – Fundo de Participação dos Municípios – que, segundo ele, não é reajustado há anos.

FALOU...

da Zona Azul (o problema está no Tribunal de Contas); das críticas de Ricardo Franco disse que seguiu parecer da Procuradoria Geral do município; que já autorizou o início de asfaltamento de alguns bairros; não estipulou prazo para instalação da primeira indústria no novo D.I; a frota de veículos da prefeitura está sucateada; que o ar condicionado do ônibus da Saúde está sendo reparado. E outras lamentações.

COMO...

existem muitos comentários sobre pressões de todo lado, o prefeito não se esquivou de mais uma vez falar sobre o boato de que vai pedir licença na prefeitura. Disse que tudo não passa de terrorismo feito desde a época de campanha e que ainda perdura.

 

 

 

MUDANDO...

de assunto: com a escassez de recursos travando quase tudo, a prefeitura bate à porta do capital privado para resolver pendências que se arrastam há tempos. Uma PPP – Parceria Público Privada – deve contemplar a zona norte da cidade com um projeto que dará nova vida àquela região. O parceiro é o Grupo Arakaki.

A PPP...

devidamente aprovada pela Câmara Municipal, autoriza o município a extinguir créditos tributários da Imobiliária Boa Sorte, por meio de dação de pagamento. De acordo com o projeto, o Grupo Arakaki vai lançar um loteamento na área compreendida da Expo até o Condomínio Sol Nascente, da avenida Augusto Cavalin até a avenida Teotônio Vilela -(crédito tributário extinto no valor de R$ 1 milhão).

EM...

 contrapartida, o grupo arcará com as obras para construção de represa e parque ecológico da Aldeia, que se transformará em uma das maiores áreas de lazer da cidade, com arborização e infraestrutura completa. E importante: com a obra, a prefeitura também poderá, enfim, resolver o problema da Avenida Teotônio Vilela que há anos está interditada, por conta da destruição de ponte, orçada em R$ 2 milhões. A nova ponte  custará apenas R$ 150 mil, e será feita com tubulões.

COMO...

no passado o poder público dormiu no ponto ao autorizar loteamento próximo a represa Augusto Cavalin, sem reservar área para projetos voltados ao lazer da população, pergunta-se: e agora, os fernandopolenses terão acesso ao novo lago que vai nascer do outro lado da avenida da Expo?

 

 

 

 

 

 

 

 

Alencar Cesar Scandiuzi

Alencar Cesar Scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');