Cidade realiza feira para estimular adoção de animais

CADERNO VIVA - 19:59:59
Cidade realiza feira para estimular adoção de animais

Vem aí a 1º Miaudota, uma feira que tem como primeiro objetivo estimular a adoção de animais. O evento é organizado pela ONG Pelos e Patas, CCZ – Centro de Controle de Zoonoses e Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Vai acontecer no dia 6 de maio, no antigo Clube da Cesp, hoje sede da Secretaria de Esporte e Lazer. 

Além da feira de adoção o evento contará com muitas outras atrações, incluindo concurso de cães e gatos fantasiados com distribuição de prêmios, apresentação da adestradora de cães Indira Rami, distribuição de amostra grátis de ração e orientação de veterinários. A Secretaria de Meio Ambiente estará presente com doação de mudas de árvores e plantas ornamentais, além de recolher pilhas e óleo usado. 
A relações pública da ONG Pelos e Patas, Roseane Leal, diz que a expectativa é de que pelo menos 40 animais sejam adotados. “A situação é crítica e precisamos atingir essa meta”, diz.
Quem quer adotar um animal de estimação precisa mais do que apenas a vontade em ter um cachorro ou gato como companheiro. Alguns cuidados são essenciais na hora de escolher o novo amigo. O mais importante é ter certeza que está disposto a assumir a responsabilidade de cuidar do animal.
Por isso, quem for a feira com o espirito preparado para levar para casa um animal, deve levar documentos pessoais e comprovante de residência. O objetivo é a adoção responsável. “A pessoa tem que ter consciência da responsabilidade de adotar um animal. Não pode pegar o animal, levar para casa, se arrepender e depois abandonar o bichinho novamente. O abandono ou maltrato a qualquer tipo de animal é crime”, lembra Roseane. Em Fernandópolis, o Centro de Controle de Zoonoses tem mais de 120 animais disponíveis para adoção. São 55 cães adultos e 30 filhotes, já os gatos são 22 adultos e 15 filhotes esperando a um novo lar.
Muitos cães e gatos que estão pra adoção foram abandonados pelos seus antigos donos e no CCZ receberam toda assistência e cuidados. Os animais adultos são entregues às novas famílias já castrados. Quando a procura é por filhotes, eles ficam com a castração agendada, para quando tiver a idade suficiente seja realizado o procedimento, o que ocorre a partir do quinto mês de vida. 
A ONG Pelos e Patas busca parceiros para o evento e vai estar no dia comercializando a tradicional batata no palito buscando levantar recursos para fazer frente às despesas que não para de crescer. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');