Univesp abre inscrições para vestibular com 200 vagas para Fernandópolis

EDUCAÇÃO - 08:41:50
Univesp abre inscrições para vestibular com 200 vagas para Fernandópolis

Promessa cumprida. O próximo vestibular da Univesp - Universidade Virtual do Estado de São Paulo para preencher vagas para o segundo semestre, já oferece 200 vagas para Fernandópolis para os cursos de Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Licenciatura em Matemática e Tecnólogo em Gestão Pública. São 50 vagas para cada curso.
A criação do polo da Univesp em Fernandópolis foi anunciada na semana passada pelo prefeito André Pessuto e pelo presidente do PSB Renato Colombano que teve o pedido atendido pelo governador Márcio França.  
O edital do vestibular com abertura das inscrições foi publicado na segunda-feira, 21. As inscrições pelo site da Vunesp  (www.vunesp.com.br  - link “Univesp- Processo Seletivo 2º Semestre 2018”) vai até 19 de junho. 
Os cursos são totalmente gratuitos. As provas serão realizadas no dia 08 de julho, às 14h, de forma presencial nas cidades que englobam diversas regiões do Estado de São Paulo. 
Os cursos são realizados em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores. Já os polos são espaços físicos onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. Em Fernandópolis, o polo da Univesp vai funcionar na Etec Professor Armando José Farinazzo para os encontros presenciais. 
De acordo com o governador Márcio França, a Univesp representa a oportunidade para jovens cursarem graduações no padrão das melhores universidades brasileiras. 
Para a presidente da Univesp, a pedagoga Fernanda Gouveia, que assumiu a gestão em maio, sua missão é trabalhar na expansão do ensino superior e garantir a qualidade, com as parcerias da USP, Unesp, Unicamp e Centro Paula Souza. “A graduação a distância responde rapidamente às demandas da população mais vulnerável. Acredito que a educação transforma e a Univesp já contribui para essa realidade no Estado de São Paulo”, afirma.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');