Doe sangue e ajude a salvar vidas!

ARTIGOS - 08:41:39
Doe sangue e ajude a salvar vidas!

doação de sangue deve ser um ato espontâneo, voluntário e não remunerado, que consiste em uma pessoa disponibilizar seu sangue para ser usado nos mais diversos procedimentos cirúrgicos.

Leva apenas alguns minutos do seu tempo e é o suficiente para salvar vidas. No Brasil estima-se que apenas 1,8% da população doa sangue, um número considerado muito baixo pela ONU já que a taxa ideal seria entre 3% e 5%.

Especialistas apontam que campanhas de incentivo à doação de sangue deveriam ser realizadas com maior frequência, bem como programas de incentivo nas escolas, a fim de conscientizar desde os primeiros anos a importância do ato.

Estudos revelam que no Brasil 59,52% dos doadores são voluntários e que 40,48% consiste em doadores de reposição, que são aqueles que doam por razões pessoais.

Doar sangue deveria ser um ato social e contínuo, porém poucos possuem essa conscientização.

No Brasil, até a década de 80 as pessoas recebiam remuneração por doar sangue, prática que hoje é proibida por lei. Passamos por muitas mudanças desde esse período até os dias atuais, porém ainda temos um caminho longo a percorrer para atingirmos a taxa ideal considerada pela ONU.

Etapas da doação.

 

  1. Cadastro

Será realizada uma consulta cadastral, para verificar se o candidato possui liberação para doar e para confirmar dados pessoais, por isso tenha em mãos um documento oficial com foto.

 2.Triagem

Na triagem são verificados os sinais vitais do candidato e uma breve entrevista confidencial, que visa avaliar possíveis riscos, tanto para o doador quanto para o receptor.

 3.Voto de auto-exclusão

Nessa etapa o doador precisa responder SIM ou NÃO para algumas perguntas de cunho pessoal, mas fique tranquilo pois sua resposta não será exposta à funcionários ou demais doadores.

 4.Coleta

Etapa onde o seu sangue será coletado com a orientação de um profissional, com material esterilizado e descartável. Será coletado em média 450ml de sangue, o processo dura cerca de 10 minutos.

 5.Hora do lanche

Após a coleta o doador recebe um lanche para repor nutrientes importantes e auxiliar na hidratação. É indicado permanecer no local por mais ou menos 15 minutos, portanto, alimente-se com calma e só deixe o banco de sangue se realmente estiver sentindo-se bem.

 6. Da coleta a transfusão

Depois de coletado o sangue será encaminhado para etapa de fracionamento, onde será separado em até quatro componentes:

 – Hemácias: também conhecido como glóbulos vermelhos, servem para tratar anemias.

– Plasma: parte líquida do sangue, serve para tratar hemorragias.

– Plaquetas: servem para tratar ou evitar sangramentos, também é utilizado em pessoas que fazem quimioterapia.

Laboratório Paulista

Laboratório Paulista

Av: Amadeu Bizelli - 1409 - Centro - Fernandópolis 

FONE: 17 - 3442 - 3002

www.laboratoriopaulista.com.br

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');