Fernandópolis supera meta geral em Campanha de Vacinação contra a Gripe

SAÚDE - 08:00:43
Fernandópolis supera meta geral em Campanha de Vacinação contra a Gripe

Fernandópolis atingiu a meta proposta pelo Ministério da Saúde vacinando 90,76% do público alvo contra a gripe, o que corresponde a 16.639 pessoas. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza – o vírus da gripe - teve início no mês de abril e se encerrou no último dia 22. Embora o município tenha registrado bons números, segundo último relatório emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, os dados estão abaixo da média em alguns grupos de risco, em especial crianças e gestantes, comprovando que muitas delas não foram levadas aos postos de Saúde e necessitam regularizar a caderneta de vacinação.
Mesmo com o término da campanha nacional, as pessoas que fazem parte do público alvo ainda podem procurar uma unidade de Saúde para receber a dose. Dentro do quadro prioritário para a imunização, devem ser vacinados pessoas acima de 50 anos, crianças de 6 meses a menores de 10 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional e policiais.
Pessoas com doenças crônicas (como o diabetes) e outras condições clínicas especiais também devem receber a vacina da gripe. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no posto de saúde. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos de saúde em que estão registrados para ganhar a dose, sem a necessidade de receita.
DADOS DA VACINAÇÃO
Crianças - 67.85%
Trabalhadores saúde - 84.11%
Gestantes - 65.23%
Puérperas -187.50%
 Indígenas - 100%
Idosos - 98.85%
Professores 106.62%
Total 16.639 - 90.76%
NÚMERO DE CASOS
Até o momento o município registrou 53 notificações de casos de Influeza, sendo 1 positivo para Influenza B, 1 positivo para H3, 9 positivos para H1N1, 42 descartados, nenhum aguardando resultado e 02 mortes, tendo como vítima uma idosa de 66 anos, que faleceu no dia 17 de junho, moradora do bairro Brasilândia,  e um senhor de 63 anos, morador do Jardim Ubirajara, que veio a óbito na tarde do dia 28 de junho, ele estava internado desde o dia 14 de junho, sofria de problemas renais e não tinha tomado a vacina.

 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');