Cadip inicia hoje campanha contra as hepatites

SAÚDE - 08:13:29
Cadip inicia hoje campanha contra as hepatites

A Secretaria Municipal de Saúde de Fernandópolis, por meio do Cadip - Centro de Atendimento a Doenças Infectocontagiosas e Parasitárias -, promove a Campanha de Luta Contra as Hepatites Virais de 23 a 28 de julho, com rodas de conversa, testes rápidos e orientações para diversos grupos da comunidade.
Fernandópolis tem hoje cerca de 10 pacientes em tratamento com uso de medicação, todos atendidos no Cadip. Em 2018 foram diagnosticados 25 casos novos, somando Hepatite B e C. A meta do Ministério da Saúde é testar para hepatite C 100% do público prioritário até 2030.
A OMS - Organização Mundial da Saúde - considera as hepatites virais como um dos principais problemas de saúde pública da atualidade e estabelece meta para sua eliminação até 2030. Desde 2011 a estimativa global de mortes por hepatites virais é maior que por tuberculose, malária e HIV. No Brasil a estimativa de pessoas que vivem com hepatite C é de 1,4 milhão a 1,7 milhão, sendo uma importante causa de cirrose e câncer de fígado. No Estado de São Paulo, as notificações de 2007 a 2016, contabilizam 82.084 casos de hepatite C.
O tratamento, atualmente disponível no SUS, possibilita em mais de 90% de chance de cura e é oferecido a todos os pacientes com hepatite, independente do grau de lesão do fígado.
PROGRAMAÇÃO 
23/07/2018 (segunda-feira) às 13h – Roda de conversa sobre Hepatites Virais e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e testagem rápida (TR) na Casa de Semiliberdade;
24/07/2018 (terça-feira) das 8h às 10h - Testagem Rápida (TR) e orientações sobre Hepatites Virais na Santa Casa de Misericórdia de Fernandópolis;
25/07/2018 (quarta-feira) às 14h – Roda de conversa sobre Hepatites Virais e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e testagem rápida (TR) no CCI do Vila Regina;
25/07/2018 (quarta-feira) das 17h às 21h – Testagem Rápida (TR) e orientações sobre Hepatites Virais na Santa Casa de Misericórdia de Fernandópolis;
26/07/2018 (quinta-feira) das 17h às 21h – Testagem Rápida (TR) e orientações sobre Hepatites Virais na Santa Casa de Misericórdia de Fernandópolis;
28/07/2018 (sábado) das 8h às 11h – Testagem Rápida (TR) e orientações sobre Hepatites Virais na Praça Central.
SOBRE AS HEPATITES
A vacina para hepatite A está disponível no SUS, sendo oferecida no Calendário Nacional de Vacinação para crianças a partir de 15 meses a 5 anos de idade incompletos. Entretanto, no estado de São Paulo, a vacinação está disponível também para homens que fazem sexo com homens.
Em relação à hepatite B, os últimos 10 anos apresentaram pouca variação. Foram 14,7 mil casos em 2016 e 13,4 mil em 2017. A transmissão se dá por sangue contaminado, sexo desprotegido, compartilhamento de objetos perfuro-cortantes e por transmissão vertical. A vacina para hepatite B está disponível no SUS para todas as pessoas. Na criança, é dada em quatro doses, sendo preferencialmente nas primeiras 12 horas de vida. Nos adultos, que não se vacinaram na infância, são três doses. Em 2017, foram distribuídas 18 milhões de vacinas para todo o país e atualmente, 31,1 mil pacientes estão em tratamento para a doença.
A hepatite C acomete, principalmente, os adultos acima de 40 anos. Foram notificados, desde o final da década de 90, 331,8 mil pessoas com a doença. Foram 24,4 mil casos registrados em 2017. O tratamento com os antivirais de ação direta, disponível no SUS desde 2015, apresentam taxas de curas superiores a 90%. A doença é transmitida por sangue contaminado, sexo desprotegido, compartilhamento de objetos perfuro-cortantes.

 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');