Não existem palavras ao vento

ARTIGOS - 08:33:02

Se pensarmos no passado é nostálgico lembrar a época em que a palavra de um indivíduo valia mais do que um cheque ou até mesmo um contrato. Hoje em dia, muitos facilmente declinam o que dizem, são instáveis e não sustentam suas palavras.

É comum, sob várias circunstâncias: política, social econômica, religiosa e etc., vermos o ser humano mudando de posição daquilo que acreditava ou pensava baseado no benefício que poderá ter. Simplesmente inutilizamos o discurso que havíamos proferido, como se nunca tivéssemos acreditado nisto antes.

Quando discorro que não existem palavras ao vento, refiro-me também a todo e qualquer pronunciamento que declarado com nossos lábios, desde as ideias positivas ao discurso crítico e negativo. Qualquer que seja a frase para o bem ou para o mal tem efeito, e uma vez proferidas podem causar feridas ou motivação.

Ora, nas escrituras Deus disse: Haja, e tudo foi criado. É claro que a palavra que Deus emitiu é muito mais forte e maior do que a nossa, mas mesmo assim, acredito que não há exemplo melhor.

Se a palavra é tão poderosa, ela deve ser emitida com cuidado e para crescimento de quem está ao nosso redor. Indivíduos que não possuem uma mente com pensamentos agradáveis proferem o  que há dentro deles: agressividade, tristeza, pessimismo, amargura e várias outros sentimentos ruins.

Uma frase desmotivadora pode causar efeitos terríveis em nossas crianças, principalmente se emitidas dos pais. Lembrando que nossos filhos não possuem filtro para aquilo que ouvem de quem os educa. Quando essas escutam do pai, da mãe ou do professor que são incapazes, ou que não sabem nada, ou até mesmo que são “burras”, elas passam a acreditar naquilo como uma verdade para a vida inteira.

Por isso a importância de declarar amor, amizade, elogios, gratidão. Tudo que for positivo devemos usar nossa voz para pronunciar.

Outro ponto que não poderíamos deixar de citar sobre a palavra é o uso dela para difamar, caluniar, maldizer nosso próximo, cito mais uma vez as escrituras, em que podemos encontrar em Provérbios que quem controla a língua é sensato. De fato isso é verdadeiro, pois este pequeno órgão é capaz de construir e também destruir. Você deseja construir ou destruir? Se sua resposta for construir baseie-se e busque ter atitudes de pessoas que edificam e cuidam. Pense mais antes de falar, tenha autocontrole, saiba quando e o que falar na hora certa. Mude seu vocabulário. Reflita sobre o que você diz.

Portanto faça sua palavra ser forte. Cumpra o que prometeu, sustente suas palavras de forma honrosa.

Tenha um coração sadio e uma mente limpa: leia, assista e escute o que for para seu crescimento. Com certeza desta forma, seus lábios só reproduzirão alegria para a vida dos que te rodeiam e para sua própria vida.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');