Parte II Pneumonia Bacteriana

ARTIGOS - 08:31:29
Parte II Pneumonia Bacteriana

A transmissão da pneumonia bacteriana é feita por meio da entrada de bactérias no pulmão, geralmente provenientes das vias aéreas superiores.

Esse tipo de pneumonia também pode ser desenvolvida a partir do agravamento da gripe ou por meio de bactérias originárias de outra infecção em algum local do corpo.

 

Os principais sintomas são:

  • Tosse com muito catarro;
  • Febre alta, acima de 39º;
  • Dificuldade para respirar;
  • Falta de ar;
  • Dor no peito.

 

Higienizar sempre as mãos e evitar permanecer em locais fechados ajudam a prevenir a doença.

Quais sinais o corpo apresenta quando a gripe se torna pneumonia?

A piora da falta de ar e o cansaço excessivo são sintomas clássicos de que a gripe está se agravando para o início de uma pneumonia.

A cor do catarro também é importante para a identificação da doença. Inicialmente o catarro branco não indica maiores implicações, pois resulta de um processo inflamatório inespecífico. À medida em que esses microrganismos vão provocando uma inflamação maior, nosso mecanismo de defesa trabalha para expulsá-los e o catarro é expelido com uma cor mais escura, significando um sinal de alerta para a pneumonia.

Como se prevenir?

A vacina é um método eficaz que ajuda a prevenir vários tipos de doenças virais e bacterianas em crianças e adultos. No Brasil existem dois tipos de vacinas conjugadas contra a pneumonia, aVPC10 e a VPC13.

VPC10, que está disponível na rede pública e privada e pode ser tomada gratuitamente mediante prescrição médica na unidade de saúde mais próxima. Esse tipo de vacina contém dez sorotipos de pneumococo, oitos deles combinados com a proteína D do Haemophilus influenzae e o grau de imunização é de aproximadamente 70%.

 

O segundo tipo de vacina, conhecida como VPC 13 está disponível somente na rede privada. É composta por 13 sorotipos de Streptococcus pneumoniae (pneumococo), combinada com uma proteína não tóxica semelhante ao toxoide diftérico CRM197. Previne até 90% dos casos e é indicada principalmente para adultos acima de 50 anos de idade.

Laboratório Paulista

Laboratório Paulista

Av: Amadeu Bizelli - 1409 - Centro - Fernandópolis 

FONE: 17 - 3442 - 3002

www.laboratoriopaulista.com.br

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');