Bastidores

ARTIGOS - 12:02:35

A CURTA...

campanha eleitoral acabou e os ouvidos agradecem. Para os que se cansaram do horário político, no rádio e TV, o controle remoto desligava os aparelhos e o silêncio reinava nas residências.Já os carros de propaganda volante dos candidatos, perturbou por alguns dias.

MATERIAL...

de propaganda devidamente armazenado, o eleitor ganha tranqüilidade no recesso de seu lar para, nas derradeiras horas que o separam da hora do voto, para que possa refletir e trocar ideia com a família sobre o que teclar na urna.

AS DISPUTAS...

pela presidência da República e Governo do Estado, segundo pesquisas de institutos famosos, mas que não guardam aprovação unânime em termos de credibilidade projetaram alguns nomes e na mesma proporção, fulminaram outros. É esperar para ver.

A DÚVIDA...

levantada quanto à segurança da urna eletrônica, também mexeu com a cabeça do eleitor. A declaração de um candidato ao Planalto de que só aceitaria o resultado desde que o mesmo lhe fosse favorável, pôs fogo na campanha. Depois houve recuo de suas palavras.

O QUE...

parece garantido é que os candidatos fernandopolenses (federal e estadual) vão liderar a lista dos mais votados. Nos últimos dias eles gastaram a sola do sapato, visitando bairros e empresas, e até fazendo minicomicios.

OUTROS...

candidatos de Fernandópolis também serão votados, porém, em escala menor. Como não são deputados, nada ou poucos recursos do fundo partidário, um esquema para manter o status quo dos atuais detentores de mandato. Assim, a renovação nas casas legislativas fica impossível.

O ELEITOR...

deve analisar os paraquedistas. São aqueles candidatos que nunca ergueram uma palha em favor de Fernandópolis. Rejeitar, em especial, os  que, em nome da rivalidade regional, prejudicaram nossa cidade, tentando tirar daqui algumas conquistas importantes. Olho neles!

 

 

 

 

 

 

Alencar Cesar scandiuzi

Alencar Cesar scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');