Bastidores

ARTIGOS - 16:59:21

ETERNO...

bairrismo. Um vereador de Votuporanga anda inconformado.  Não aceita que, enquanto um deputado fernandopolense tenha alcançado 4.806votos nas urnas do vizinho município, o deputado votuporanguense conquistasse apenas 1489 votos em Fernandópolis.

ELE...

finge desconhecer os fatos. É que o deputado votuporanguense andou trombando com os interesses de Fernandópolis, ao longo de seu mandato. O deputado fernandopolense agiu de forma diferente apresentando emendas em favor de Votuporanga, uma delas para a Santa Casa daquela cidade.

A BRONCA...

é antiga. Desde os tempos de Julio Semeghini, o trabalho de algumas lideranças de Votuporanga para o fernandopolense, dividia opiniões naquela cidade. Como Semeghini foi casado com uma votuporanguense, os radicais engoliam seco o resultado das urnas.

E QUANDO...

Julio Semeghini integrava a comitiva do Governo Estadual para cumprir agenda em Fernandópolis e região, muitas vezes viajando na mesma aeronave ao lado de Mário Covas, depois Geraldo Alckmin, e pernoitando no Água Viva, a dor de cotovelo de nossos concorrentes atingia picos de pura inveja. Alguns compositores de música fizeram sucesso com letras que trataram dessa dor muito forte nas chamadas brigas de amor.  Dolores Duram foi referência.

A CITAÇÃO...

do nome de Alckmin nos remete ao inconformismo de muitos eleitores de Fernandópolis, com o resultado do primeiro turno das eleições. Foram apenas 3.385  votos fernandopolenses dados ao tucano, candidato a presidente pelo PSDB.A história do ex-governador com Fernandópolis foi simplesmente ignorada.

A COLUNA...

procurou ouvir tucanos que conviveram com Geraldo Alckmin desde quando ele era vice-governador. Um deles lembra o empenho pela construção do pontilhão da Expedicionários, para transpor a rodovia, determinante à viabilização do Shopping Center, e mais tarde a autorização para duplicação da Euclides da Cunha.

COM...

 a revista Veja nas mãos, outro tucano de alta plumagem, leu trechos da matéria “Réquiem para os tucanos”, que no subtítulo enfoca a situação do partido. “O PSDB, finalista nas disputas presidenciais nos últimos 24 anos, sai esfacelado da eleição e caminha para a bolsonarização”.

NO...

segundo parágrafo, a matéria fulmina: “Se para todo náufrago jacaré é tronco, no Titanic, do PSDB, o jacaré se chama Jair Bolsonaro. Neotucanos como o ex-prefeito João Dória, o mais político dos gestores, já haviam se insinuado para o presidenciável do PSL, antes mesmo de encerrado o primeiro turno. (Réquiem: prece ou louvor feito pela Igreja aos mortos).

 

 

 

 

 

 

Alencar Cesar scandiuzi

Alencar Cesar scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');