Problemas de visão: tratamentos e causas

ARTIGOS - 17:30:17
Problemas de visão: tratamentos e causas

Há muitos tipos de problemas nos olhos e perturbações visuais. Eles incluem visão embaçada, auréolas, pontos cegos, flutuações e outros sintomas.

Alguns problemas de visão podem ser leves, mas outros podem indicar perda de visão e doenças graves.

Causas

Mudanças na visão, embaçamento, pontos cegos, auréolas em volta de luzes ou turvação da visão sempre devem ser avaliados por um profissional médico. Tais alterações podem representar uma doença oftalmológica, envelhecimento, ferimento no olho ou condições que afetam diversos órgãos em seu corpo, como o diabetes.

Independentemente da causa, mudanças na visão nunca devem ser ignoradas. Elas podem piorar e afetar consideravelmente sua qualidade de vida. Ajuda profissional sempre é necessária.

Mudanças e problemas de visão podem ser causados por muitas condições diferentes. Algumas incluem:

Presbiopia: dificuldade em focar objetos próximos. Frequentemente se torna notável a partir dos 40 anos

Catarata: embaçamento ocasionado devido a opacidade na lente natural do olho, causando má visão noturna, auréolas em volta de luzes e sensibilidade a brilho. A visão diurna é eventualmente afetada. Comum em idosos

Glaucoma: Geralmente ocasionada, na maioria dos casos, devido a aumento na pressão do olho, causando má visão noturna, perda do campo visual progressiva, pontos cegos e perda de visão nos dois lados. Grande causa de cegueira. O glaucoma pode acontecer de forma gradual ou repentina. Se repentinamente, é uma emergência médica

Retinopatia diabética: complicação do diabetes que pode levar a sangramento dentro da retina. No Brasil, é a principal causa de cegueira na população economicamente ativa

Degeneração macular: perda de visão central, visão embaçada (especialmente ao ler), visão distorcida (como ver linhas onduladas) e cores com aparência desbotada. A causa mais comum de cegueira em pessoas acima de 60 anos

Infecção no olho, inflamação ou ferimento

Moscas Volantes: partículas minúsculas que vagam pelo olho. Embora frequentemente breves e inofensivas, podem ser um sinal de descolamento da retina

Cegueira noturna

Descolamento da retina: os sintomas incluem flutuações de visão, clarões de luz no campo visual, ou uma sensação de sombra ou cortina em um lado de seu campo visual

Neurite óptica: inflamação do nervo óptico por infecção ou esclerose múltipla. Você pode sentir dor ao mover o olho ou ao tocá-lo por cima da pálpebra

Arterite temporal: inflamação de uma artéria no cérebro que fornece sangue para o nervo óptico

Enxaqueca: pontos de luz, auréolas ou padrões em ziguezague são sintomas comuns antes do início da cefaleia.

Outras possíveis causas de problemas de visão incluem fadiga, excesso de exposição ao ar livre (embaçamento temporário e reversível da visão) e alguns medicamentos.

Consulte sempre o oftalmologista.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');