Agora é oficial: Prefeitura retoma expediente normal em 3 de janeiro

ARTIGOS - 08:11:16

O prefeito André Pessuto havia garantido durante sua longa entrevista no Programa Rotativa no Ar da Rádio Difusora no dia 27 de novembro, que na virada do ano, o expediente na prefeitura voltaria ao normal, ou seja, o dia todo. Nesta semana, ele publicou o decreto 8.199 que revoga os termos do decreto assinado em maio durante a greve dos caminhoneiros, quando o expediente foi reduzido das 7 às 13 horas. O decreto entra em vigor em 3 de janeiro. Até lá o expediente segue meio período. É claro que, alguns setores, como Educação, Saúde e Poupatempo mantiveram expediente normal. Apesar das críticas do público pelo horário reduzido, o prefeito André Pessuto sustenta que sem essa medida a prefeitura teria dificuldades de bancar a folha de pagamento dos servidores, diante da queda de arrecadação. O mês critico foi setembro, disse Pessuto. Ele justificou que a economia nesse período deve chegar a R$ 700 mil, ou seja, R$ 100 mil por mês.

Bate pronto

  DIÁRIO DO LEGISLATIVO – A Câmara de Fernandópolis segue o exemplo da Prefeitura e homologou esta semana a contratação da empresa OC Marketing Digital para operar o Diário Oficial Eletrônico do Legislativo. O custo mensal do contrato será de R$ 632,50. Desde 6 de novembro, a prefeitura já está com o Diário Oficial Eletrônico no ar e já publicou 20 edições.

  CRÉDITO MILIONÁRIO – Está tramitando na Câmara e deve ser votado já na próxima sessão, o projeto do prefeito André Pessuto que abre crédito adicional milionário da ordem de R$ 6,9 milhões. “A presente propositura tem o objetivo de garantir a suplementação necessária para o custeio de parte da folha de pagamento do mês de dezembro, para o atendimento de despesas com Pessoal, Obrigações Patronais de diversas unidades da Administração Pública Municipal, outros Benefícios Previdenciários do servidor, bem como da folha de pagamento do 13º salário do funcionalismo público”, escreveu Pessuto que pediu urgência da Câmara na votação.

  HOMOLOGADA – A Prefeitura publicou nesta sexta-feira, 7, o termo de homologação do parecer da Comissão Permanente de Licitação que apontou a empresa Central Serviços de Mogi Mirim como vencedora da concorrência para implantação do novo sistema de Área Azul em Fernandópolis. Foi mais um passo, mas ainda falta a assinatura do contrato. Somente a partir disso, começa a ser contado o prazo de 90 dias para a empresa implantar o novo sistema de estacionamento rotativo, cuja concessão tem prazo de 10 anos. Assim, é esperar por 2019.

  SÓ NO DIA 13 – O comércio de Fernandópolis tem novo esquema para o funcionamento à noite. A tradição de abertura das lojas a partir da segunda semana de dezembro foi quebrada. Conforme acordo coletivo de trabalho firmado entre os sindicatos do Comércio Varejista e dos Comerciários, a abertura se dará a partir do dia 13, quinta-feira. A abertura do FerNatal e chegada do Papai Noel na segunda-feira, 10, terá o comércio fechado no centro. O acordo trabalhista prevê ainda na véspera de Natal, 24, o comércio funcionando até às 18 horas. No dia 26, pós Natal, abre das 9 às 18 horas. No dia 31, abre das 9 às 16 horas e no dia 2, volta a funcionar ao meio dia. 

  REEMPREGADO – Um dos deputados da região que havia sido “demitido” pelos eleitores em outubro, acaba de ser reempregado. O governador eleito João Dória anunciou que Marcos Vinholi vai ocupar a recém criada Secretaria de Desenvolvimento Regional, que terá como missão facilitar o atendimento das demandas de prefeituras, sobretudo, das pequenas cidades do interior, pelo governo estadual. Segundo o novo secretário, a nova pasta vai ajudar o governo a reduzir o custeio com cargos regionais. Uma das propostas é informatizar a tramitação dos projetos que as prefeitura apresentam para receber recursos do Estado. Vinholi também assume a presidência do PSDB paulista.

Claudemir Cabreira

Claudemir Cabreira

Jornalista. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');