Protesto contra o IPTU tem prefeito acusado de traidor e vereadores vaiados

POLÍTICA - 18:55:31
Protesto contra o IPTU tem prefeito  acusado de traidor e vereadores vaiados

A onda de protestos que começou nas redes sociais culminou com protesto inédito no fim da tarde desta sexta-feira, 4, na Praça Joaquim Antonio Pereira. Centenas de fernandopolenses decidiram participar do protesto contra o aumento da taxa de lixo que impactou o valor final do IPTU.

Os moradores, indignados, que se revezaram no microfone do carro de som colocado no centro da praça não economizaram críticas ao prefeito André Pessuto, o primeiro prefeito da cidade a ser alvo de uma manifestação em praça pública. Pessuto foi acusado de traidor do povo e os vereadores que estavam presentes, apesar de já terem manifestado apoio à indignação da população, foram vaiados várias vezes. “Vocês são pagos pelo povo para representar o povo e não para fazer as vontades do prefeito”, disse um morador. No protesto não foram poupados de criticas o vice prefeito Gustavo Pinato e o deputado federal Fausto Pinato. A Polícia Militar acompanhou o protesto a distância.

O presidente da Câmara, Ademir de Almeida, que está com a mulher internada em Rio Preto, disse em entrevista à Rádio Difusora que na segunda-feira, vai se reunir com o Procurador Jurídico da Câmara para ver a atitude jurídica que pode ser tomada. “Que vamos fazer alguma coisa, isso vamos”, garantiu. Almeida falou em nome dos vereadores durante o protesto. Os vereadores que foram a uma reunião pressionar pela revogação do aumento ouviram do prefeito que ele não volta atrás na decisão. O fim do recesso forense na segunda-feira, deve marcar também o ingresso de medidas judiciais contra o aumento.  

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');