Prefeitura assume erro e anula IPTU; novos carnês serão emitidos

POLÍTICA - 11:51:49
Prefeitura assume erro e anula IPTU; novos carnês serão emitidos

Protesto em praça publica contra o IPTU

Atualizada as 12h25 - A Prefeitura assumiu erro no lançamento da taxa de lixo e decidiu cancelar a cobrança do IPTU– Imposto Predial e Territorial Urbano.  Novos carnês serão emitidos e o pagamento do imposto começará a partir de 15 de março, parcelado em 10 vezes. A Prefeitura acaba de emitir nota sobre o assunto (veja no final).

Em entrevista à Rádio Difusora, o presidente da Câmara de Fernandópolis Ademir de Almeida disse que desde ontem a tarde a prefeitura já admitia o erro no lançamento que foi assumido na reunião realizada na manhã desta terça-feira, 8, no Paço Municipal.

Segundo Almeida, os novos carnês devem ser lançados com a cobrança da taxa de lixo em R$ 1,53 o metro quadrado, e não R$ 2,48 como veio cobrado.

“A gente vinha alertando que tinha coisa errada. O que veio para a população pagar não estava certo. Era um valor alto demais”, disse o presidente. Os valores emitidos pela prefeitura geraram uma onda de protestos nas redes sociais e um protesto em praça pública que atraiu centenas de fernandopolenses, onde o prefeito foi acusado de traidor e os vereadores vaiados.

A prefeitura emitiu uma nota explicativa 

NOTA DA PREFEITURA

A Secretaria Municipal da Fazenda esclarece que foram identificados equívocos nos valores emitidos nos carnês de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Após reuniões entre os vereadores e o prefeito foi solicitada a revisão dos cálculos.

 Em encontro realizado na manhã desta terça-feira, 8, com representantes dos poderes Executivo e Legislativo foram anunciadas medidas administrativas que serão adotadas pela Prefeitura para apurar e corrigir os valores.  

Desta forma, ficou determinado o cancelamento do carnê e o recálculo na cobrança da Taxa do Lixo. Um novo carnê será enviado ao endereço dos contribuintes, com validade da primeira parcela para o dia 15 de março. Aqueles que efetuaram o pagamento deverão comparecer no Poupatempo com o comprovante de quitação e solicitar a devida baixa no sistema tributário.

Os profissionais da Secretaria da Fazenda pedem a compreensão dos munícipes para que possíveis distorções nos valores sejam resolvidas.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');