2019, é hora de cuidar das emoções e pensamentos

OBSERVATÓRIO - 08:17:18
2019, é hora de cuidar das emoções e pensamentos

O que você deseja para o Ano Novo que está começando? 

Claro, todo mundo quer o melhor. Christiane Cangueiro, que comanda a Casa de Isis em Fernandópolis, é uma estudiosa do esoterismo e da numerologia, um mundo misterioso, de verdades veladas, mas não ocultas, tem uma dica: é hora de cuidar das emoções e pensamentos. Nesta entrevista ao CIDADÃO abrindo o ano de 2019, ela dá dicas importantes para as pessoas iniciarem a transformação necessária para uma vida melhor. “Vou citar Gandhi: Seja a mudança que você quer ver no mundo. Ou seja, comece transformando o mundo a partir 
do seu próprio coração”. Chris lembra também que os pensamentos, atos e palavras mais constantes é que vão definir o que cada pessoa 
vai viver no dia a dia. “É como o sinal da televisão. Vários canais 
estão disponíveis o tempo todo e ao mesmo tempo. Qual canal eu 
vou assistir vai depender da minha escolha quando ligar a TV. Portanto, como posso querer amor, prosperidade, felicidade, alegria se ligo o meu captador (a glândula pineal que fica no meio do cérebro) com ressentimentos, xingamentos, irritação, intolerância, mau humor”. Vale conferir a entrevista:

Quando começa o ano, as pessoas buscam fórmulas mágicas para ter um ano melhor. Existe essa fórmula?
Sim, existe, e muitos filósofos e avatares já deixaram essa fórmula. Vou citar Gandhi: “Seja a mudança que você quer ver no mundo”. Ou seja, comece transformando o mundo a partir do seu próprio coração. Quer bondade, seja a bondade. Quer a paz, faça a paz primeiro no seu núcleo familiar. Quer ver políticos honestos? Então, não pare em vagas de idosos e deficientes, ceda seu lugar na fila, devolva o troco que foi a mais, respeite as leis do silêncio, deixe o volante para a outra pessoa que não bebeu, esqueça a mania feia de tirar vantagem em tudo. Ninguém defende animais só curtindo no Facebook, adote um ou ajude quem os resgata e, principalmente, nunca abandone seu amigo peludo. Como nos deixou de exemplo prático o maior avatar dos últimos tempos, Jesus, o Cristo: “Ame seu próximo como a ti mesmo”. O próximo é tudo o que tem vida.

O mundo é uma condensação de energias. Como saber harmonizar essas energias em nosso favor?
As energias que nos envolvem são as que sintonizam conosco. Os pensamentos, atos e palavras mais constantes é que vão definir o que cada pessoa vai viver no dia a dia. Para explicar de uma forma simples, é como o sinal da televisão. Vários canais estão disponíveis o tempo todo e ao mesmo tempo. Qual canal eu vou assistir vai depender da minha escolha quando ligar a TV. Portanto, como posso querer amor, prosperidade, felicidade, alegria se ligo o meu captador (a glândula pineal que fica no meio do cérebro) com ressentimentos, xingamentos, irritação, intolerância, mau humor, pessimismo? Já temos um padrão de conecção que nem percebemos, ditados pelas manias e hábitos. Para modifica-los é preciso observação (prestar atenção ao que costumamos fazer mecanicamente) e determinação para modificar o que não serve.

A numerologia é uma ciência. Como ela pode influir na vida de uma pessoa?
Números são como sons, cheiros, sensações. Cada um tem vibração própria. A data do nascimento é a primeira sequência numerológica que segue por toda a vida da pessoa e é imutável. O nome é outra dessas sequências que afetam diretamente a sina de cada um. O seu nome é o seu mantra pessoal, e esse dá para mudar se não for positivo. Um numerólogo, através do estudo dos dados individuais, consegue harmonizar o padrão vibratório de cada pessoa.

2019 será um ano melhor? O que diz a numerologia?
2019 tem a energia do 3 (2+0+1+9=12+3), que é um número dinâmico, expressivo, cheio de comunicação. Quem tem sintonia com essas características vai ter mais facilidade para levar o ano. Quem não tem só tem duas alternativas: ou faz força para se adequar, que é muito positivo, pois estamos aqui para aprender, ou escolhe ter um ano tenso.

O Feng Shui é uma ciência milenar chinesa baseada na relação da energia entre ambientes e pessoas. Nos dias de hoje, é considerada uma das principais técnicas de harmonização de ambientes. Em uma casa, geralmente quais ambientes precisam de atenção nessa harmonização?
Resumidamente, os ambientes que mais precisam de atenção são a cozinha e o quarto. Na cozinha os alimentos são transformados e são determinantes para uma boa saúde. É o cômodo da casa que que deve estar mais limpo e organizado possível. É o coração do lar. Já no quarto, passamos 1/3 do dia, portanto, tudo tem que estar harmônico. O maior crime para a saúde é ter uma televisão no quarto ou usar o celular na cama. Ambos emitem ondas elétricas negativas que atrapalham o sono.

Uma dica básica, que todo mundo pode fazer em casa?
Evite acumular. As coisas que guardamos esperando um dia precisar, mas que ficam entulhando a casa, entupindo os armários são energia estagnada. Tudo que fica estancado gera doenças. A vida tem que fluir, a energia precisa de espaço para transitar pela casa. É como a água, que quando fica parada cria lodo, e não faz bem para saúde. Doe objetos, doe livros, doe roupas, doe-se. A vida fica mais leve.

O que temos que prestar mais atenção em 2019? 
Nas emoções e pensamentos. Como disse o Mestre: “Orai e vigiai”.  Pensamentos ruins, geram emoções ruins, e vice-versa. As ações são sempre influenciadas por esses dois. Ações repetidas viram hábitos. E os hábitos é que vão determinar se a vida foi bem vivida ou não. Pratique bons pensamentos e bons sentimentos.
Você realizou um sonho com a Casa de Isis. Em que momento decidiu colocar esse projeto em prática?
Sim, a Casa de Ísis é uma realização de alma. Há muitos anos vinha com essa vontade de trabalhar com o lado esotérico da vida. Tenho uma alma curiosa, gosto de estudar e de descobrir o porquê das coisas, e isso foi me conduzindo por essa estrada mais misteriosa, com verdades veladas, mas não ocultas. O conhecimento está à disposição de qualquer um que queira buscar.

Os que as pessoas mais procuram em Casa de Isis?
Tenho um público heterogêneo. Alguns amam as roupas indianas, outros buscam por acessórios diferenciados, assim como por itens de decoração que antes não havia à disposição aqui na cidade. Como sempre gostei de história e especialmente de mitologia, na loja tenho imagens de deuses de várias culturas: egípcia, hindu, viking, celta, yorubá, japonesa, chinesa, etc. Muitos, como eu, também estão na busca pelo conhecimento esotérico.

O que tanto te atrai nas culturas indiana e egípcia?
Existe todo um glamour envolvendo essas antigas culturas. Mas não são só essas que me encantam, embora sejam as minhas preferidas. Estudando e comparando, percebi que são energias disponíveis na Terra, que cada povo deu um nome e moldou de acordo com suas próprias características. Um exemplo que sempre cito é o do deus Thor, da mitologia viking, que está muito na moda hoje em dia por causa do cinema. É o deus do trovão, um aspecto muito temido da natureza. Na África ele tem o nome de Xangô, os romanos o chamavam de Zeus, os egípcios com um dos aspectos de Rá, na Índia ele é Shiva, entre os índios brasileiros é Tupã e, se não me falha a memória, na Bíblia, Deus fulminou um ímpio ou um povo com um raio. E assim é com as deusas da beleza, as deusas da maternidade, os deuses da guerra, os deuses da comunicação, todos são forças da natureza que estão disponíveis para a humanidade e para o equilíbrio do planeta, associadas com uma divindade para facilitar a conexão ou o entendimento. Mesmo que no começo dê um pouco de trabalho. Vale a pena. Exercite falar bem dos outros, enxergar o melhor das pessoas, fugir de grupinhos que têm o hábito da maledicência. A palavra tem uma energia poderosa, que é como um bumerangue lançado, sempre volta na mesma intensidade a quem a pronunciou. Qual é a energia que você tem emanado? É isso que pretende receber de volta?

Como cidadã, o que espera dos novos governantes? 
A cada nova posse a minha esperança é a mesma, que os eleitos consigam cumprir suas melhores promessas, independente se foi o candidato da minha escolha. Na campanha nos prometeram um Brasil melhor, e eu espero, sinceramente, que consigam atingir a meta em pelo menos 50%. Prometeram economia forte, força policial mais equipada e treinada, melhores hospitais e escolas, fim da corrupção. Tudo muito genérico, sem dizer como será feito. É o que se promete sempre nas campanhas, mas que raramente se cumpre. O presidente eleito não foi o que eu pensei que daria conta dessa demanda, não sinto que ele esteja preparado. Porém, agora é o presidente do Brasil, e como patriota que sou, eu torço por ele, vibro por ele.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');