“Não existe a menor possibilidade de fechar a Carlos Barozzi”, diz dirigente de ensino

EDUCAÇÃO - 18:25:57
“Não existe a menor possibilidade de fechar a Carlos Barozzi”, diz dirigente de ensino

O dirigente regional de ensino Candido José dos Santos negou, em entrevista concedida a programa Rotativa no Ar, da rádio Difusora, que o estado esteja com pretensões de fechar a escola estadual Carlos Barozzi, que funciona na região da Brasilândia. Os murmúrios sobre o possível fechamento já circulam há algum tempo e ganhou ainda mais força no início deste ano. 

Os boatos são tão fortes que um grupo de moradores da Brasilândia chegou a se mobilizar para realizar na segunda-feira, 4, um abraço simbólico ao colégio contra o seu fechamento. A manifestação foi adiada, no entanto, para não atrapalhar os alunos na volta às aulas. 
Segundo o dirigente de ensino, os boatos de fechamento da unidade escolar estão atrelados a grande queda no número de alunos que procuram estudar na instituição. A queda, porém, não estaria envolvida com a qualidade do ensino e tampouco estrutural, mas sim a uma nova realidade demográfica. 
“Isso acontece na maioria dos países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. Já há alguns anos não funciona mais como na época de nossos pais que tinham oito, dez filhos. Hoje, seja pela violência ou pela atual conjuntura econômica os pais estão tendo um, no máximo dois filhos, o que provoca a diminuição de alunos em todas as escolas não só de Fernandópolis como do estado e do país”, explicou Candido. 
O dirigente aproveitou a oportunidade para afirmar, de maneira enfática, que a escola Carlos Barozzi não será fechada e garantiu que as aulas estarão de volta normalmente na segunda-feira. 
“A escola Carlos Barozzi está hoje com menos alunos do que já teve no passado, é verdade, são 365 alunos matriculados, mas a escola está lá de pé, de portas abertas para atender a todas as crianças da região da Brasilândia. O diretor de lá tem feito um trabalho muito bem feito e temos conversado muito sobre isso. Essa diminuição no número de alunos ocorre com todas as escolas. Entretanto não existe a menor possibilidade de fechar a escola Carlos Barozzi. As pessoas que moram lá no entorno, que são atendidas por aquela escola podem ficar tranquilas quanto a isso. Concluímos o processo de atribuição de aulas os professores daquela escola já estão todos contratados  e no dia 4 estarão todos lá aguardando os alunos”, concluiu Candido.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');