Caravana Sesc desembarca em Fernandópolis no dia 30

CADERNO VIVA - 18:10:25
Caravana Sesc desembarca em Fernandópolis no dia 30

Uma caravana com 490 artistas de diversos lugares do Brasil e do mundo, divididos em 14 roteiros, se prepara para viajar pelo estado de São Paulo na 11ª edição do Circuito Sesc de Artes. Com atividades de artes visuais, circo, cinema, dança, música, teatro, literatura e tecnologia e artes, o circuito acontece de 29 de março a 14 de abril em 121 cidades. 
Fernandópolis, mais uma vez, está no roteiro. A cidade faz parte do roteiro 9, que vai percorrer as cidades Jales, Fernandópolis, Tanabi, Atibaia, Bragança Paulista e Joanópolis, Paraíbuna, Caraguatatuba e Ubatuba.
A caravana inicia apresentação em Tanabi no dia 29 de março, sexta-feira, vem para Fernandópolis no sábado, 30, e fecha o final de semana em Jales, no domingo, 31.  
De atmosferas poéticas a explosões de cenas, de performances solo a grandes grupos, de trabalhos manuais a realidade virtual, o circuito envolve 100 programações culturais em mais de mil apresentações artísticas em espaços públicos, sempre com atrações gratuitas para todas as pessoas. Realizado desde 2008, o circuito tem como objetivo estimular a circulação e a difusão de trabalhos artísticos, inspirar diversos usos para os espaços públicos e ampliar as possibilidades de convivência. 
“A importância do projeto está, sobretudo, ligada ao caráter democrático das ações, pensadas para aproximar o público das mais diversas formas de expressão da arte e de seus conteúdos. Ao levar as atividades para as praças, o Circuito Sesc de Artes cria pontes significativas entre as pessoas, os artistas e o próprio espaço”, explica Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo.  
Para a realização do circuito o Sesc São Paulo conta com a parceria das prefeituras municipais e sindicatos do comércio locais. A coordenação dos trabalhos envolve equipes de diversas unidades do Sesc em todo o estado.
Uma das atrações em Fernandópolis será a cantora e compositora Mahmundi, que vem construindo uma sonoridade própria com elementos de eletrônica, indie pop e MPB. O seu novo disco Para Dias Ruins, vai do charme carioca à bossa nova.
Além disso a programação tem o espetáculo Água Doce, com a Cia da Tribo, a oficina de Dancehall com equipe de dançarinos e djs, Trixmix Cabaret, brinquedos de montar e animar, oficina de criação de objetos, intervenção de objetos poéticos e cinema em realidade virtual. 

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');