Prefeito compara redes sociais a arma digital

POLÍTICA - 19:13:03
Prefeito compara redes sociais a arma digital

As redes sociais, comparada pelo prefeito André Pessuto como “arma digital”, foi um dos temas da entrevista que ele concedeu quarta-feira, 20, ao programa Rotativa no Ar da Rádio Difusora. O prefeito tem sido bombardeado com pesadas críticas nas redes sociais.

 “Isso incomoda e muito”, diz o prefeito que chegou a dizer que hoje surgiu a figura do “prefeito bipolar” que acorda cedo querendo abandonar tudo e a tarde muda de ideia ao poder resolver um problema para a população. 
Pessuto comparou as redes sociais como uma “arma digital” que afeta principalmente países de terceiro mundo como o Brasil, onde as pessoas têm dificuldade de interpretar texto. Ele até citou o exemplo: “Se a imprensa publica a manchete ‘Prefeito André Pessuto está preso, no trânsito em São Paulo’, logo vai chover comentários ‘eu sabia, ‘é igual aos outros’, ‘não presta’, tudo porque vão ler a manchete até a vírgula. Então é um problema das redes sociais. Elegemos um presidente pelas redes sociais e já começou-se a derrubar o presidente pelas redes sociais. Isso é público e notório”, comentou. 
Apesar da onda de críticas, Pessuto diz que coloca seu amor pela cidade acima de tudo. “O que machuca são as ofensas. Não é uma peculiaridade do prefeito de Fernandópolis não estar bem. Todos os prefeitos não estão bem. As prefeituras estão na UTI, no oxigênio. Não tem um político hoje no País que pode-se dizer, esse está bem. Estou de consciência tranquila. Ergo a cabeça e vou trabalhar”, enfatiza.
Ainda na entrevista o prefeito disse que não pensa em reeleição e que seu objetivo é concluir o mandato.  “Fui eleito para um mandato de quatro anos que espero concluir de cabeça erguida. Ainda é cedo para pensar em eleição, apesar do tempo passar muito rápido. Mas, o futuro a Deus pertence”, saiu pela tangente clássica. 
Ainda na política, Pessuto disse que a relação com o vice-governador Rodrigo Garcia não foi arranhada com a eleição do ano passado. “A minha relação com o Rodrigo nunca mudou, sempre foi estável. O que houve é que parte do grupo político ao qual pertenço foi com o Fausto Pinato apoiar o Marcio França. Eu não, continuei apoiando o Dória e Rodrigo. Continuo tendo ótima relação com o vice governador e devo me encontrar com ele nos próximos dias”.
Sobre a cidade, Pessuto diz que há problemas estruturais pelos quatro cantos. “Onde você vai tem problema, tem rua com buracos, tem problema na Saúde, tem problema na Educação. Mas, também temos obras em andamento pelos quatro cantos da cidade. Agora mesmo estamos iniciando a canalização do córrego ao lado da Escola do Jardim Uirapuru que foi construída pelo ex-prefeito Milton Leão e nunca fizeram o que precisa ser feito. Prefeito não gosta de enterrar tubo, não dá voto. Estamos pagando o pato por isso. Agora estamos fazendo o serviço certo. Logo vamos também iniciar a canalização daquele buracão no fundo da Brasilândia onde há 10 anos morreu um menino. É uma TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado com o Ministério Público. É uma obra gigantesca, mas que vamos realizar”, disse.
Ainda na entrevista, ao ser cobrado sobre os buracos na malha viária, Pessuto lembrou que os 5 milhões investidos no recapeamento de 300 quarteirões foi uma “gota no oceano”. “Acham que não gostaria de recapear a cidade toda? Seria um sonho. Mas, precisaríamos de R$ 50 milhões. Se os outros prefeitos tivessem recapeado 300 quarteirões como fizemos, a cidade não estaria assim”. 
O prefeito explicou ainda porque decidiu desapropriar a área da Elektro para abertura da Marginal. “Já temos o recurso, tem a licitação, uma parte da obra foi realizada e a Elektro continua atravancando a abertura da marginal que é importante para Fernandópolis. Se não tomasse essa medida correria o risco de terminar o mandato e ainda não ter resolvido esse problema”, explicou.
Por fim, cobrou a participação da população na luta contra a dengue. A cidade vive sua pior epidemia e, segundo o prefeito, a prefeitura faz a sua parte com a coleta de lixo e de material reciclável e disponibiliza áreas para descarte de entulho.

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');