Bastidores

ARTIGOS - 08:02:19

VOCÊ AÍ...

que acompanha nossa Coluna tem alguma pretensão política, e quem sabe disputar uma eleição para prefeito? Em caso afirmativo, é aconselhável inteirar-se dos atos e declarações recentes de alguns detentores de mandato eletivo, entre eles o presidente da República.

TRÊS...

frases de Jair Bolsonaro merecem análise: “Não nasci para ser presidente, e sim militar”,  “Presidir o Brasil é um ‘abacaxi’ e “ Meu Deus, o que estou fazendo aqui”. As expressões no calor dos embates da Reforma da Presidência sacudiram os meios políticos e as redes sociais. Um internauta postou:” Vai largar?”

O DESENCANTO...

com o poder nos três níveis, geralmente se manifesta depois de alguns meses de trabalho e de algumas “caneladas”, como disse Bolsonaro. Na região, o exemplo de desencantamento  com o mando em pouco tempo, veio do prefeito Antonio Escrivão, de Estrela D’Oeste: em menos de um ano de governo, pegou o boné.

ANDRÉ...

Pessuto confidencia a amigos mais próximos as agruras vividas em função do cargo de prefeito de Fernandópolis. Em recente entrevista, disse que hoje existe uma geração de “prefeito bipolar”, com constante alteração de humor, provocada certamente pelo estresse de uma jornada  exaustiva na prefeitura.

QUEM...

assumir a prefeitura a partir de janeiro de 2021 – o próprio Pessuto ou quem quer que seja – já tem hoje, abril de 2019, pelo menos uma certeza: vai encontrar alguns pepinos, ou abacaxis, sobre a mesa.  Na diversidade dos problemas, o financeiro estará na ponta.

MESMO...

com as receitas nada desprezíveis (repasses do Estado e da União, IPTU, IPVA...) o prefeito mandou e a Câmara autorizou o município a contrair mais um empréstimo bancário de R$ 2O milhões, que, somado aos outros, chega aos R$ 30 milhões, com início de pagamento em...2021.Ademir de Almeida, presidente do legislativo, defendeu o projeto dizendo que “ em 2018, só na manutenção do maquinário a prefeitura gastou  R$ 1,9 milhão”.

SERÁ...

que a administração vai financiar despesas de custeio? Almeida, ainda na linha de defesa, diz que o empréstimo de agora vai dar um refresco nas contas públicas.  A preocupação não é a tomada de mais um empréstimo, e sim, se o município terá condições de pagá-lo.

OUTROS...

questionamentos surgem? l – O prefeito vai iniciar algum projeto, como a sequência  da Avenida Raul Gonçalves Junior? 2- Vai pôr em prática alguma medida para enxugar a máquina administrativa, reduzindo as despesas? 3- Já está pensando em construir pontilhões para transposição da linha férrea, tendo em conta que um trem a cada 40 minutos vai passar pela região, brevemente? E por fim: como dublê de músico e político, quando restabeleceremos nossa afinação com o governo estadual?

Alencar Cesar scandiuzi

Alencar Cesar scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');