Bastidores

ARTIGOS - 17:53:09

O TELEJORNAL...

da TV Tem, em sua edição de segunda-feira 22, levou ao ar duas notícias  preocupantes aos fernandopolenses: l – anúncio da inauguração da filial das Lojas Havan, em Votuporanga; e 2- esquema de vendas de vagas de cursos de Medicina em Assis e Fernandópolis.

A PRIMEIRA...

mexe particularmente com nossos bairristas, que, a cada conquista de nosso maior concorrente, mergulham em profundo inconformismo. Explica-se: por muitos anos Fernandópolis exerceu a supremacia  comercial na região, que resultava em altos índices de arrecadação de impostos e conseqüentemente em  belos repasses ao município.

A INSTALAÇÃO...

da Havan é, indubitavelmente, uma prova inequívoca do estágio de desenvolvimento que Votuporanga atravessa. Os números do potencial socioeconômico da cidade, mais a política da boa vizinhança de suas lideranças, conquistaram a confiança do empresário de Santa Catarina, Luciano Hang.

DO...

início da construção às margens da rodovia Euclides da Cunha, dia 4 de janeiro, à inauguração programada para 4 de maio, são apenas 4 meses. A obra orçada em R$ 30 milhões, obedece ao ritmo frenético de expansão do grupo catarinense: são 125 filiais em todo o Brasil, com previsão de mais 20 lojas em 2019. A de Votuporanga é investimento da própria rede, em terreno locado por R$ 30 mil ao mês.

ANALISANDO...

as duas notícias divulgadas pela TV, a denúncia que trata da Universidade Brasil, é disparado, muito mais impactante. Na segunda-feira, a Polícia Civil prendeu uma secretária acadêmica, suspeita de participar do esquema de vendas de vagas do curso de Medicina.

O CASO...

é um soco no estômago dos fernandopolenses. A escola é hoje responsável por grande parte da economia da cidade, distribuída em vários setores que geram empregos e receitas. Muitos negócios surgiram, e estão funcionado satisfatoriamente, graças à vinda de grande número de estudantes para Fernandópolis.

ATÉ...

o futebol, que leva o nome da cidade, a custo muito alto, tem como seu maior incentivador a Universidade Brasil. Quem mais, nos dias atuais, em Fernandópolis, pode investir num patrocínio de R$ 100 mil ao mês, numa camisa?

POR...

tantas razões, conclui-se que a Universidade deve ser apoiada pelos fernandopolenses. Mesmo que você nem saiba quem sejam os donos; nunca tenha sido convidado para conhecer suas instalações, muito menos recebido a visita de um de seus diretores, inverta a pauta e vá até lá, preferencialmente no período da manhã. O movimento dos alunos encanta. Vá.

 

Alencar Cesar Scandiuzi

Alencar Cesar Scandiuzi

Jornalista e Radiodifusor

VEJA TAMBÉM

teste

ga('send', 'pageview');